quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Lei garante vagas para pessoas com deficiência na educação técnica e superior

O presidente Michel Temer sancionou a Lei 13.409, que inclui pessoas com deficiência entre os beneficiários de reserva de vagas nas universidades federais e nas escolas federais de ensino médio técnico. A cota para estudantes vindos de escolas públicas já previa a destinação de vagas para pessoas de baixa renda, negros, pardos e indígenas.

O texto sancionado está publicado na edição de hoje (19) do Diário Oficial da União e altera a Lei 12.711, de 2012, que é a Lei de Cotas de Ingresso nas Universidades.

A Lei de Cotas estabelece como primeiro critério que no mínimo 50% das vagas para ingresso em curso de graduação, por curso e turno, sejam reservadas para estudantes que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas. No caso do ensino técnico de nível médio, a reserva é para alunos que cursaram integralmente o ensino fundamental na rede pública.

Como segundo critério, as cotas se destinam a pessoas de baixa renda, negros, pardos e indígenas. Pelo texto sancionado por Temer, os estudantes com deficiência agora entram nessa subcota. A distribuição é feita de acordo com as vagas ofertadas e a proporção desses grupos na população da unidade da Federação onde fica a instituição.

Anteriormente, a regulamentação já permitia que as universidades federais instituíssem reservas de vagas para pessoas com deficiência, mas isso era opcional.

Conforme estabelecido na Lei de Cotas, no prazo de dez anos, será feita a revisão do programa especial para o acesso às instituições de educação superior de estudantes pretos, pardos e indígenas e de pessoas com deficiência, bem como daqueles que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas.
Edição: Juliana Andrade
Crédito da matéria: Agência Brasil

Paulo Martins analisa no Facebook sua administração

A imagem pode conter: 14 pessoas, pessoas sorrindo

Sem repercussão pela assessoria de comunicação do prefeito Paulo Martins, encontrei postagem no Facebook que vale a pena ser analisada e repercutida.

Olá, boa noite!
Estamos chegando ao final da nossa gestão e neste momento faço um convite para que possamos analisar Campo Maior deixando de lado as disputas pelo poder ou rivalidades partidárias. Vou dividir essa avaliação em dois aspectos. Inicialmente vamos tratar dos reflexos das ações que executamos, e posteriormente vamos mostrar o que nossa cidade ganhou através dos nossos projetos em todas as áreas, principalmente em infraestrutura.
Como todos sabem, tivemos duas oportunidades de gerenciar a Prefeitura de Campo Maior. Na primeira administramos de 2011 a agosto de 2012 em um mandato suplementar e agora nesta que se finda no próximo dia 31 de dezembro tendo iniciada em 2013.
Antes de tudo é preciso entender que uma gestão se mede pelos índices e metas por ela alcançados. No caso de Campo Maior temos muito a comemorar, pois avançamos em vários setores bastante importantes. Os dados comprovam que a Campo Maior que construímos nos últimos cinco anos é bem diferente da Campo Maior que nossos adversários propagam com a finalidade de nos prejudicar politicamente. Abaixo vamos sintetizar alguns desses avanços.

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Natal Solidário distribui mais de 200 brinquedos para crianças carentes de Campo Maior



Uma ideia que surgiu numa sala de aula resultou na distribuição de mais de 200 brinquedos neste natal em Campo Maio-PI. Sete alunos do curso de Serviço Social de uma faculdade particular com apoio da Fundação Restaurar e empresários locais promoveram a campanha Natal Solidário para crianças carentes do Bairro São João.

“Pensamos numa forma de fazer o natal das pessoas mais feliz. Inicialmente queríamos arrecadar alimentos, mas depois os participantes do projeto decidiram em adquirir brinquedos para distribuir”, comenta Neymar Rubens, um dos organizadores da campanha.
Em dois meses, o grupo conseguiu cerca de 200 brinquedos. “Conseguimos o apoio da Fundação Restaurar, de empresários, de amigos que nos ajudaram muito”, prossegue Neymar. “Essa primeira edição da campanha foi um teste. Para o próximo ano pensamos num evento maior e que abranja outros bairros da cidade”, diz.

Após a distribuição dos presentes, na manhã deste domingo (25), no patamar da Igreja do Bairro São João, Neymar Rubens não esconde a satisfação. “Foi o melhor natal da minha vida. Não há dinheiro que pague um sorriso de felicidade de uma criança. Todos nós do Natal solidário estamos muito satisfeito com a ação”, finaliza. 

Assessoria Comunicação Fundação Restaurar/Campo Maior

Ribamar Coelho pode provocar uma "guerra" no Legislativo campo-maiorense

Advogado Ribamar Coelho - Foto: arquivo Campomaiormefoco
O candidato derrotado às Eleições Municipais 2016, advogado Ribamar Coelho, está prestes a provocar a maior guerra entre legislativo municipal e população. Ele ingressará com ação judicial solicitando a redução dos salários dos vereadores de Campo Maior.

Segundo o advogado, caso obtenha êxito na justiça, os senadores municipais poderão passar a ganhar um salário mínimo como subsídio, contra os R$ 8.500 pretendidos pelos 13 próximos ocupantes da Legislatura 2017-2020.

Questões jurídicas à parte, a Ação Popular intencionada por Ribamar Coelho pode ter o aprovo da população, vez que quando da aprovação de matéria elevando assustadoramente na calada da noite os subsídios dos edis campo-maiorenses, a população se manifestou ferozmente através de redes sociais. O Prefeito Paulo Martins, considerando um absurdo e ilegal tal resolução, vetou a decisão, alegando, inclusive, que o Município de Campo Maior não tem dinheiro para cobrir tão elevada despesa.

E é esse veto que pode fazer com que os vereadores recebam apenas um salário-mínimo, já que a aprovação de uma outra resolução, elevando de 7 mil para 8,5 mil reais, segundo o advogado, é totalmente ilegal.

Vamos esperar para ver a reação da Câmara de Campo Maior com relação à possibilidade dos vereadores terem seu "dinheirinho" resumido e a reação da população, que se acha cansada de pagar salários para quem pouco produz. 

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Paulo Martins fica emocionado com homenagem

Passou despercebida da imprensa local a emoção do Prefeito Paulo Martins ao ser homenageado pela Liga Amadora Campo-maiorense de Esporte (LACE) pela contribuição significativa ao esporte amador de nosso município.

Faltando poucos dias para entregar a prefeitura ao seu sucessor, Professor Ribinha (PT), PM teve seu nome lembrado pela LACE como o prefeito amigo do esporte. No período de seu mandato, a Prefeitura de Campo Maior investiu mais de 3 milhões de reais, contribuindo de forma significativa para o fortalecimento do esporte que é paixão municipal.

HOMENAGEM
Neste final de semana recebemos uma singela, mas significativa homenagem da Liga Amadora Campomaiorense de Esportes (LACE) pela contribuição que demos ao esporte durante nossa gestão. Foram investidos aproximadamente R$ 3 milhões de reais durante os cinco anos e meio que administramos Campo Maior. Recurso esse aplicado em diversas modalidade esportivas, tanto amador quanto profissional. Não há homenagem mais gratificante do que o reconhecimento. Também sou muito grato a todos os desportistas campomaiorense que nos ajudaram nessa empreitada. Obrigado a todos!
Curtir
Comentar

Olá, mulheres! É justo vocês se aposentarem com a mesma idade que os homens?

Vale a pena conferir matéria da BBC Brasil sobre uma das tantas polêmicas do desgoverno Temer. 

Igualar a idade de aposentadoria e o tempo de contribuição entre homens e mulheres é um dos pontos da proposta de Reforma da Previdência anunciada pelo governo. Em discussão na Câmara dos Deputados, o texto estabelece um mínimo de 65 anos de idade e 25 anos de contribuição para ambos os sexos.

domingo, 25 de dezembro de 2016

O que está acontecendo com o católico?


Um dado preocupante foi notícia hoje no Jornal O Globo: em 2016 caiu o número de católicos autodeclarados, segundo pesquisa Datafolha.

O que isso representa para a nossa sociedade? Segundo a mesma pesquisa, aumentou o número de pessoas que dizem não ter nenhuma religião. O embrutecimento travestido de violência pode ser um indicativo de que estamos perdendo algo de essencial em nossas vidas?

Quando buscamos as redes sociais, vemos como as pessoas perderam a fé, o otimismo, a espiritualidade. Tudo é permitido, inclusive a forma aberta como se deve tratar quem saiu da retidão.

Parece-me não ter mais sentido as coisas do espírito.

Confira os dados AQUI!!!!!

Frase do dia


sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Professor ribeirinho de Parintins é indicado ao ‘Prêmio Nobel’ da Educação

Show professor
Um projeto escolar que mudou a vida de uma comunidade ribeirinha na zona rural de Parintins, no interior do Amazonas, foi escolhido como uma das 50 melhores iniciativas educacionais do mundo, e permitiu ao professor parintinense Valter Pereira de Menezes, 46, ser o primeiro amazonense da história a ser indicado ao Global Teacher Prize, considerado o Prêmio Nobel da Educação e que reconhece as mais inovadoras práticas educadoras ao redor do planeta.
Finalista com outros 49 professores de diferentes países – incluindo outro educador brasileiro, Wemerson da Silva Nogueira, do Espírito Santo, o professor ribeirinho do Amazonas se diz honrado com a indicação. “Estou muito orgulhoso por ser um dos Top 50. A minha maior alegria é poder representar o Brasil lá fora, sendo um caboclo ribeirinho do meio da floresta amazônica, e levando a educação rural do Norte, a escola do campo, do Amazonas e de Parintins”, disse Valter.
Continue lendo a matéria de A Crítica AQUI

MEC publica regras de seleção para o Fies no primeiro semestre de 2017

O Ministério da Educação publicou nesta quinta-feira no Diário Oficial da União as regras para a edição do primeiro semestre de 2017 do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Embora o governo tenha acenado este ano com a possibilidade de mudanças no programa, as regras seguem o mesmo padrão de 2016.

Para obter o financiamento, o candidato precisa ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir da edição de 2010, ter obtido média nas provas objetivas de pelo menos 450 pontos e não ter zerado a redação. Também é preciso ter renda mensal por pessoa da família de até 3 salários mínimos.
As instituições de ensino interessadas em aderir ao Fies tem de hoje até o dia 6 de janeiro para assinar termo de adesão ao Fies, para poder ofertar as vagas.
A data de início das inscrições no programa ainda não foi divulgada. Também não foi detalhado ainda o número de vagas que serão ofertadas.

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

VERGONHA: Médico mata 5 pessoas e só pega 4 anos de prisão!

Médico Marcelo Martins de Moura (Crédito: Reprodução)

Parece piada. O médico Marcelo Martins de Moura (três M's de morte), depois de matar 5 pessoas da mesma família em 2012, depois de uma baita farra no Parque Nina Alencar, julgado 4 anos após o crime, foi condenado a apenas 4 aninhos de prisão.

O garotão foi condenado pela juíza Andréa Parente, da Comarca de Altos por homicídio culposo (aquele que não se tem a intenção de matar). Ora, como se enche o pé da moringa de cachaça, pega-se um carro, mata cinco pessoas e ainda não teve intenção de matar?

A defesa do médico criminoso é que está toda contente, afinal defendeu essa tese e ela colocou como cola de sapateiro. 

Agora, quem desqualificou o inquérito policial de crime doloso para culposo foi o juiz Celso Barros Filho, que considerou coisa pequena se acabar com uma família inteira.

CONFIRA MAIS DETALHES EM:

terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Atleta campomaiorense conquista medalha em competição de Jiu Jitsu


 O campomaiorense Carlos Eduardo Costa, 10 anos, conquistou medalha de bronze no Campeonato Interno Orions Nova União de Jiu Jitsu, disputado no último domingo (11), em Teresina. Aluno do Projeto Crer, em Campo Maior, Eduardo venceu duas das três lutas que realizou e subiu ao pódio da categoria infantil.

Ele é aluno do projeto da Fundação Restaurar há apenas cinco meses. Esse foi o primeiro torneio de Jiu Jitsu da vida de Carlos Eduardo. “Foi muito bom ganhar essa medalha. Essa foi de bronze, eu queria que fosse de ouro. Mesmo assim está bom, mas garanto que essa é a primeira medalha de muitas”, diz confiante.

“Fiquei muito nervoso no começo da luta, porque eu nunca tinha lutado em campeonato, esse é meu primeiro. Mas ao longo da luta fui perdendo o medo. Venci duas e na última o adversário finalizou. Meu objetivo agora é treinar cada vez mais, para melhorar cada vez mais”, comenta Eduardo.

Além de Carlos Eduardo, outros dois alunos do projeto Crer disputaram a competição: Gustavo Cantuário Paz competiu na categoria Mirim, enquanto Carlos Alberto Silva lutou na categoria Infanto Juvenil A.

O professor Carlos Henrique se surpreendeu com o desenvolvimento dos alunos. Com apenas cinco meses de aula, o professor explica que os alunos demostraram qualidades de bons competidores. “Eles não tinham nenhum contato com o esporte. Nós começamos a trabalhar e esse foi o nosso primeiro teste. Eles lutaram com garra, com determinação e superaram nossas expectativas”, afirma.

O projeto
O Projeto Crer é uma ação social da Fundação Restaurar em parceria com a Prefeitura Municipal de Campo Maior. São mais de 200 crianças beneficiadas com aulas gratuitas de Ballet, Inglês, Música e Jiu Jitsu. O projeto funciona no município desde junho no anexo superior do Terminal Rodoviário Zezé Paz.  

Assessoria Fundação Restaurar 
Otávio Neto (86) 9 9509 9858 

Até em programas de mestrado tem corrupção! Em que acreditar?

Essa notícia vem lá do Rio Grande do Sul.

Como se não bastasse a onda de corrupção que varre o parlamento brasileiro, com denúncias de toda natureza, os mesmos que bateram panelas no "fora Dilma", hoje são suspeitos de desviarem recursos do programa de mestrado da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Fiquei de queixo caído quando li que três professores da UFRGS e um da Unisinos foram presos pela Polícia Federal sob suspeitas de estarem desviando recursos do programa de pós-graduação daquela IES.

Os desvios do Programa de Pós-graduação de Saúde Coletiva (ligado à Escola de Enfermagem), somam quase 6 milhões de reais e incluíam pagamento de bolsistas sem vínculo com o programa de até 6 mil reais mensais, além de reforma em apartamentos, viagem ao exterior e despesas pessoais.

Como se não bastasse o desvio de recursos, até título de Mestre foi dado a quem sequer estava matriculado no programa.
Fiquei de queixo caído quando li que três professores da UFRG e um da Unisinos

domingo, 11 de dezembro de 2016

Dá até arrepios

Não posso deixar de compartilhar interessante matéria da Revista Guia do Estudante. Em sua versão online, a GE traz 5 temas mais que insólitos para os padrões de  ensino que temos adotado em nossas práticas de aulas no ensino médio.

São temas arrepiantes até mesmo para quem já está encaliçado em discutir tantos temas de redações. Se acontecesse por nossas plagas, certamente o mundo ruiria de críticas e resistências.

Confira a matéria na íntegra acessando:
5 temas surpreendentes de redação nos últimos vestibulares

sábado, 10 de dezembro de 2016

Piauí: uma boa notícia sobre educação

Piauí tem a terceira melhor educação do Nordeste, aponta OCDE

O resultado do Programa Internacional de Avaliação dos Estudantes (PISA 2015) divulgado nesta semana, com base nos dados levantados pela Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) em dezenas de países do mundo, aponta que a educação piauiense é a terceira melhor da região Nordeste, atrás apenas de Pernambuco e do Ceará. Em ciências, o Estado obteve 380 pontos, figurando na 20° no país, ficando cerca de 55 pontos abaixo do líder nacional (Espírito Santo). Já em matemática foram 355 pontos conquistados, ante 381 em leitura, onde o Piauí obteve o pior patamar dentre os requisitos analisados, ficando em 22° no Brasil.

Na avaliação internacional, o Estado ficou melhor ranqueado do que a Paraíba, Rio Grande do Norte, Sergipe, Tocantins, Maranhão e Bahia. O pior colocado no país é o Estado de Alagoas, governado por Renan Filho (PMDB), que ficou em último em todas as áreas dispostas; para se ter uma ideia, a diferença de pontos entre Alagoas e o primeiro estado de cada área avaliada é de cerca de 70 pontos, o que equivale a dois anos de educação a mais.


Com o resultado, o Piauí se aproxima da média registrada no Brasil (401 pontos) e do Peru (397) e já supera o índice registrado na República Dominicana, por exemplo, que obteve 332 pontos. Segundo o Inep (responsável pela aplicação e tratamento dos dados), 'os testes e questionários do Pisa propiciam três principais tipos de resultados: um perfil básico de conhecimentos e habilidades dos estudantes; como essas habilidades são relacionadas a variáveis demográficas, sociais, econômicas e educacionais, além das tendências que acompanham o desempenho dos estudantes e monitoram os sistemas educacionais ao longo do tempo. A avaliação é trienal e direcionada para estudantes com idade entre 15 anos e 3 meses (completos) e 16 anos e 2 meses (completos) no início do período de aplicação'.
Crédito da matéria: 

http://www.meionorte.com/noticias/piaui-tem-a-terceira-melhor-educacao-do-nordeste-
aponta-ocde-308840

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Jacob Fortes e a tragédia do Chapecoense

A TRAGÉDIA DA ROLETA-RUSSA. (Por Jacob Fortes. 05.12.2016).
Os atletas da chapecoense, Santa Catarina, foliando e cantarolando, voaram alto, em direção à Colômbia, em busca de uma taça, sul-americana. Comichava-lhes o propósito de mostrar ao estrangeiro os seus talentos, amplamente conhecidos entre as quatro linhas brasileiras; reluzir além-fronteira, arrebanhar troféu internacional. Porém, em vez de troféu, foram arrebatados por um acidente fatídico. O combustível que sustinha o avião da empresa Lamia exauriu-se minutos antes da aterrissagem. A aeronave desabou, se fez tragédia, que ainda ecoou pelo mundo, 71 mortos, além dos mutilados.

Vê-se pelos órgãos de comunicação que voar no limite da capacidade de combustível era procedimento habitual naquela aeronave. A prática, maldita, de voar com incerteza de autonomia, derivava de uma coragem, estúpida, tão insana quanto o ato de brincar de roleta-russa: (apontar o cano da arma para si ou para outrem, sem conhecer a posição exata da bala, dentro do tambor do revólver).  O Brasil, enlutado, recebe, pranteia e vela seus mortos, 71, cada qual no seu envoltório de madeira; aguarda o regresso dos que ficaram sob os cuidados sacerdotais de Medellín. E a comoção se expande, a brasilidade ainda chora!

Que não suceda ao Brasil tragédia semelhante, mas se o fadário se impuser que não lhe falte, nessas horas incertas, uma Medellín para acudir, para despachar socorros capitais. Em nome dos brasileiros e do sentimento de gratidão que lhes demarca, ergo ao povo de Medellín, Colômbia, o mais elevado preito de admiração e gratidão.


Apesar de a equipe haver-se sucumbido, a chapecoense há de restaurar-se, soerguer-se; não desertará do ideal de ser sempre uma vencedora. Porém, não custa reflexionar: voos módicos não são necessariamente os mais seguros; podem até denotar impertinência quando se trata de transportar valorosos guerreiros que, com bravura, puseram em alto-relevo as cores chapecoenses e do Brasil.

Cerâmica campo-maiorense é destaque piauiense

Resultado de imagem para imagem cerâmica campo maior

A qualidade de tijolos e telha produzidas pela Cerâmica Campo Maior foi destaque na noite de ontem na Associação Industrial do Piauí.

O Sindicato da Indústria da Cerâmica para a Construção do Estado do Piauí, concedeu ao empresário Edgar Miranda o prêmio de o Ceramista do Ano em reconhecimento à qualidade dos produtos produzidos em Campo maior.

Engenheiro civil, Edgar Miranda está no setor há 33 anos, disse na entrega do título que a qualidade da cerâmica campo-maiorense é fruto da dedicação que tem ao setor e o seu conhecimento das exigências do mercado.

A indústria cerâmica é responsável hoje no Piauí pela geração de mais de cinco mil postos de trabalho, provocando um impacto positivo na economia piauiense.

A Cerâmica Campo Maior possui, hoje, três unidades, que juntas geram cerca de 250 empregos diretos nas cidades de Campo Maior e Buriti dos Lopes.

A FOTO DO ANO E SUA LEGENDA INUSITADA

03

E viva a criatividade de nossos internautas!!!!!

Fonte: Sensacionalista.com

domingo, 4 de dezembro de 2016

Associação de moradores: bairro de Fátima tem novo presidente

Jeferson Costa contou com o apoio da atual diretoria
Depois da valorização que o prefeito Paulo Martins deu às associações de moradores, as disputas têm sido muito acirradas, com a participação de várias chapas, bem diferente do que ocorria no passado.

Hoje, 4 de dezembro, foi a vez da Associação dos Moradores do Bairro de Fátima renovar sua diretoria e com a participação de quatro chapas, a população apta a votar compareceu em massa ao pleito.

O administrador Jeferson Costa (Chapa 2) é o novo presidente da associação com a expressiva votação. Dos 603 votantes, ele obteve 295 votos, contra seu principal concorrente Felipe (Chapa 1) que obteve 246 votos.

O novo presidente, que ainda não tem data para tomar posse, foi apoiado pela atual diretoria (Alfredo Povão e Josélia Cardoso). O mesmo tem fortes ligações com a Igreja Católica, onde coordena a Pastoral de Cânticos da paróquia. 

Quando da reforma que a Prefeitura de Campo Maior fez na praça da Igreja de Fátima, Jeferson foi o responsável pelo traçado e a ambientação.  


CEPTI Cândido Borges ressalta beleza negra

Casais Beleza Negra - Equipes Azul e verde
O CEPTI Cândido Borges vem realizando durante toda a semana sua VI Gincana Cultural. Este ano o tema Raízes do Brasil: povo, cultura e arte. O objetivo do evento é a promoção e valorização do povo brasileiro em seus aspectos culturais, contemplando as mais diversas contribuições da etnia que forma o povo brasileiro, além de estimular a convivência da pluralidade do ambiente social e da correspondente liberdade de expressão dentro dos mais variados segmentos.

No sábado, 3 de dezembro, ocorreu a realização da escolha do garoto e da garota Beleza Negra, como forma de ressaltar o objetivo da ação pedagógica, assim como a integração entre alunos, profissionais da educação, comunidade escolar e a comunidade campo-maiorense.

Jurados
O corpo de jurados, formado pelos professores: Elisângela Cantuário (educadora física), Sandra Santos (pedagoga), Borges (Matemática) e Jorge Câmara (Língua Portuguesa), teve a responsabilidade de escolher o garoto e a garota Beleza Negra e a participação dos professores Antonio Carlos (Matemática),
Máquina da Fama
representando o líder Zumbi dos Palmares e Luany Karolline, representando a líder Dandara (esposa de Zumbi) no quadro Máquina da Fama.
Organizadores

A organização da gincana está a cargo dos professores Ronalda (Geografia) e Francivaldo (História). "Os participantes estão divididos entre as equipes azul e verde, através das quais são incentivados a valorizar o lado artístico e exercitar o espírito de ldierança, motivação e participação", afirmou a professora Ronalda.

A final do evento acontecerá na próxima quarta-feira, 7 de dezembro, na quadra da própria escola a partir das 19:00 horas, e será aberta ao público.












Queremos boa educação sem reconhecer o professor


Como sempre, não podemos deixar de compartilhar com nossos leitores - que buscam a boa informação - interessantíssimo artigo do advogado Miguel Dias Pinheiro (Portal AZ) quanto à necessidade de conhecer os profissionais da educaçãso. Boa leitura!
Resultado de imagem para imagem advogado miguel dias pinheiro"Fala, Tadeu Gobbi!: “A evolução pelo mérito, comum em sociedades avançadas, parece ter fracassado no país. Somos uma sociedade que dá pouco ou nenhum valor para professores, educadores, cientistas, pesquisadores e todas aquelas profissões nas quais as pessoas têm que estudar muito e dá duro por anos para conquistar alguma coisa. No Brasil tudo tem que ser rápido, sem esforço, porque aqui tudo se ajeita, trabalhar é para os trouxas.
Queremos que nossos filhos tenham boa educação, mas não reconhecemos o valor de nossos professores.
Amamos o policial violento, aquele que mata quem nos incomoda. Não aquele que é eficiente em resolver crimes. Endeusamos jogadores que se dão bem na vida pulando etapas como a educação. Comentamos com regozijo quando, mesmo ganhando fortunas em contratos internacionais, levam nossa malandragem para o exterior e dão golpes nos países que os acolhem.
Não nos incomoda ver políticos e castas do serviço público terem privilégios absurdos e imorais, típicos de republiquetas absolutistas. Aceitamos os serviços degradantes que recebemos apesar de pagarmos absurdamente caro por eles com impostos arrecadados, sobretudo dos mais pobres.
Nossa hipocrisia também é ilimitada. O mesmo empresário que frauda uma licitação e suborna um agente público, impõe em sua empresa regras de compliance rigorosíssimas. O comerciante que embala frutas impróprias para o consumo numa embalagem onde frutas maravilhosas escondem aquelas podres exige que o funcionário orientado a proceder desta forma tenha um comportamento íntegro. O mesmo cidadão que compra CDs e softwares piratas deseja que seu projeto, no qual investiu tempo e esforço, não seja copiado e subtraído. O sujeito que estaciona em vaga de deficiente no shopping é acometido de ira santa se alguém estaciona na frente da sua garagem.
Os exemplos são incontáveis. Invariavelmente quem comete estas infrações goza de prestígio social. Somos um país onde o esperto é ao mesmo tempo otário, porém alienado de sua condição de agente desta cultura e de exercer os dois papéis ao mesmo tempo.
Como nos tornamos tão cínicos e hipócritas é um fenômeno que precisa ser estudado. Tenho dificuldade em viver num país assim. Não questiono minha mãe pelos valores que me transmitiu, mas constato que eles me transformaram num cidadão vulnerável neste tipo de sociedade”.
José Tadeu Gobbi diz que cresceu numa família matriarcal. A mãe dele foi um referencial de pai e mãe ao mesmo tempo. Católica fervorosa, sempre teve valores rígidos. Honestidade para ela nunca teve nuances. Sempre foi parte essencial da conduta dele em tudo na vida, em casa, na escola, no trabalho, no convívio social. Mentir era uma afronta imperdoável!
“Se você quer mudar sua vida, estude, dispute seu espaço com honra. Não inveje teu amigo, nem teu vizinho. Seja melhor que eles com seu esforço. Não faça concessões ao vício. A virtude é sempre o caminho”, orienta o estudioso".