terça-feira, 8 de agosto de 2017

Câmara comemora os 255 anos de Campo Maior com sessão solene


A Câmara Municipal de Campo Maior se reuniu na manhã desta terça-feira (08/08) para comemorar os 255 anos do poder legislativo municipal e da emancipação política da cidade. O plenário recebeu autoridades, representantes de vários setores da sociedade e a população. Essa é a primeira vez que a solenidade em homenagem a Campo Maior é realizada na Câmara.
A sessão foi marcada por discursos que enalteceram as virtudes humanas dos campo-maiorenses, as belezas naturais e gastronômicas do município. A cultura local foi representada através da poesia de Jesus Andrade. A história da Câmara Municipal foi relembrada como importante para o desenvolvimento da cidade durante dois séculos e meio.
O deputado estadual Aluísio Martins se disse honrado por ser um campomaiorense e destacou o status que o município possui no cenário nacional. A vice-prefeita Liége Cavalcante pediu alertou a responsabilidade que o legislativo possui para o crescimento da cidade. Já o prefeito Professor Ribinha pontuou a harmonia entre os poderes.
“Não é qualquer cidade que completa 255 anos de emancipação política. Sou muito grato a população de Campo Maior por ser prefeito num momento tão sublime para nossa gente. É gratificante comemorar 255 anos de nossa cidade em harmonia com o legislativo e trabalhando juntos para o bem do povo”, falou o prefeito.
Na tribuna, o presidente da Câmara, vereador Fernando Miranda lembrou o papel dos vereadores ao longo dos anos. “Esta legislativo é descrito acertadamente como ‘a casa do povo’. É aqui onde apresentamos as demandas de nossa população. Fiscalizamos e apresentamos melhorias. O executivo nada pode fazer sem o aval dessa casa”.
“Campo Maior se consolidou como uma das cidades mais importantes desse Estado. Campo Maior espalha pelo Brasil filhos seus que se destacam nas diversas áreas do conhecimento humano, como na medicina, no direito, na vida militar e na comunicação”, engrandeceu Fernando Miranda.
Primeira sessão
O presidente do legislativo - que apresentou um projeto de lei para a realização da sessão todo dia 8 de agosto – comemorou. “Sempre a Câmara era esquecida nas comemorações do aniversário da cidade. Agora aprovamos essa lei que resgata a importância dessa casa na história do município. Até porque Campo Maior só se tornou cidade quando se deu a instalação da Câmara”.
Na solenidade, foi apresentado o projeto do livro “Câmara de Campo Maior: 255 anos de história” e o lançamento das transmissões ao vivo dos trabalhos da casa na Web Rádio e Web Tv e do portal do legislativo municipal.

Fonte: Ascom Câmara de Campo Maior  

Enem: palavras que você fala, mas não pode usar na redação

Usar palavras da linguagem oral na prova duas vezes pode tirar pontos da sua nota


Aproxima-se o grande dia para mais de 7 milhões de brasileiras e brasileiros que farão o Enem. A maioria dos estudantes farão a prova pela primeira vez; outros já são veteranos. Um ou outro, todos devem lembrar de alguns pontos que são fundamentais para que se possa pontuar bem na redação: os traços da oralidade que devem ser evitados quando da produção do texto.

É comum nos textos de alunos do ensino médio a inadequação de termos das conversas cotidianas que se tem nas esquinas da vida. Caracteriza-se, utilizado por duas vezes, inadequado, o que traz a perda de pontos significativos na Competência I.

Às vezes o aluno crer está conversando com alguém. Sendo o foco da dissertação a informação, o conteúdo, por isso, deve-se prestar muita atenção nesse ponto. É muito comum comum se encontrar construções como se o produtor do texto estivesse dando ou conselho, perdendo, portanto, sua objetividade.

As cartilhas do participante da prova do Enem, divulgadas todos os anos pelo Inep, dão pistas, mas não aprofundam a abordagem ou os exemplos. Elas sugerem evitar a repetição de alguns termos, pois essa repetição é que tipifica uma conversa – quando a pessoa encadeia ideias em frases curtas, sem muita preocupação de coesão e adequação de sentido da palavra no conjunto. As cartilhas exemplificam com e”, “aí”, “daí e então”, instruindo os candidatos a usar palavras mais formais. 

Algumas interjeições que são típicas da fala, como: heinohahpoxapuxa, putz e outras, devem passar longe do texto. Sem esquecer aqui o uso de certas contrações, tão comuns da fala e que se insiste em por, como são as numa que já gerou até a gíria numas. Com certeza evite pra (em lugar de para), tá (em vez de está),  (de não é), puro exercício da linguagem oral.

Outro termo que se abusa dele, o e, repetidas vezes, também pode ser oralidade. Como e é principalmente usado como conjunção, deve preferencialmente ligar períodos, não frases estanques. Usar uma vez tudo bem, mas pode ser considerado oralidade iniciar duas ou três frases com ele.


segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Inteligência Emocional para o ENEM


Líderes elogiam primeiro semestre de trabalho da Câmara de Campo Maio


Vereadores de Campo Maior

A Câmara Municipal de Campo Maior está cada vez mais perto da sociedade, moderna, transparente e participativa. No primeiro semestre à frente do poder legislativo, o vereador Fernando Miranda tornou tudo isso em realidade. Já é possível perceber o trabalho surtindo efeitos positivos. A casa respira um ar de renovação.

O vereador Edvaldo Lima, líder da bancada de situação, é o parlamentar com mais tempo de mandato. Ele avalia a atual legislatura como a melhor dos últimos 30 anos. “Fico muito feliz em ver uma Câmara Municipal unida pelo bem do povo de Campo Maior. Tenho dificuldade em lembrar de uma legislatura que tenha se empenhado tanto pra melhorar a vida do povo”, diz.

Vereador Hamilton Segundo - Líder da oposição
O líder da bancada de oposição, vereador Hamilton Segundo, destaca que a valorização do trabalho dos parlamentares e a transparência do legislativo são pontos altos do primeiro semestre de trabalho. “A Câmara de Campo Maior tem 255 anos de existência. Nesse período a Câmara teve um papel fundamental no município”, reconhece. “O trabalho que nosso presidente tem realizado é um caminho que não devemos mais abortar. Nós temos que seguir nesse caminho de valorizar os vereadores e a casa do povo.”.

O presidente Fernando Miranda explica que o trabalho à frente da mesa diretora é feito com imparcialidade e tem objetivo de facilitar o trabalho dos vereadores e, consequentemente, beneficiar a população “Nós temos uma missão nessa casa: trabalhar pelo povo. Para isso precisamos dar condições aos vereadores, ter um prédio físico agradável para receber nossa população, transporte para facilitar às visitas as comunidades, dar visibilidade ao que está sendo feito por eles”, resume.

Segundo semestre
Para o segundo semestre deste ano, a Câmara programa a formação de uma comissão especial para modernização do regimento interno do legislativo e lei orgânica do município, lançamento de livro com a história dos 255 anos da Câmara Municipal, novo portal da transparência e transmissões ao vivo das sessões pela Web Tv Câmara.  

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Paulo Martins diz que modelo do futebol piauiense é ‘predador’ e busca solução



Atualmente o Piauí possui 16 times profissionais, destes apenas sete participam dos campeonatos oficiais, sendo que apenas dois estão com suas documentações regularizadas. Nenhum deles possui escolinhas de base, portanto não revelam jogadores e com isso não conseguem obter evolução em suas receitas com a venda de atletas, por exemplo, ficando endividado ao final das competições.

Para fugir do endividamento, as equipes acabam pedindo socorro ao poder publico. Porém “o recurso investido nestes clubes não traz nenhum retorno para o Estados e municípios, já que não há crescimento dos clubes e muito menos do futebol piauiense”, argumenta Paulo Martins que preside a Fundação dos Esportes do Piauí (FUNDESPI). Ele caracteriza esse modelo de futebol praticado no Piauí como ‘predador’, pois leva os clubes a falência e ainda onera os cofres públicos onde não gera nenhum retorno para o Estado. “Esse modelo de futebol profissional predador não deixa nada para o Estado, não revela ninguém”, afirma.

O presidente revelou que está buscando uma solução para mudar essa realidade e para isso já realizou reuniões com a Federação de Futebol do Piauí e representantes de clubes. Para ele, uma das saídas é criar escolinhas de base nos clubes. “Tem que ter base, escolinhas, dá oportunidade para que os jovens possam se apresentar no profissional e isso criará musculatura para os times no futuro”, destacou.

SAAE entrega novas motocicletas como reforço para a frota da autarquia


         

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Campo Maior recebeu oficialmente nesta quarta-feira (02/08), das mãos do prefeito José Ribamar de Carvalho e do diretor do SAAE João Lima, 04 novas motocicletas que servirão como reforço para a frota da autarquia.

        Dentre os trabalhos que serão realizados com as novas motocicletas: serviços em hidrômetros, ligações de água, leitura, monitoramento e controle  do abastecimento de água, entre outros.
João Lima lembrou que a aquisição própria da autarquia municipal faz parte das ações do plano estratégico elaborado pelos servidores, como aparelhamento de equipamentos, máquinas, móveis e reformas. “O objetivo é buscar cada vez mais a eficiência dos serviços no atendimento da população, por isso a necessidade do investimento, que auxiliarão equipes do SAAE, na execução de diversos trabalhos”, enfatizou o diretor.
O prefeito falou da importância e do desafio que o SAAE tem de fazer um trabalho de conscientização e ao mesmo tempo prestar um serviço de qualidade. Em sua fala, Ribinha destacou que se sente privilegiado por nesse momento que Campo Maior completa 255 anos, um professor de família simples, vindo do interior, estar hoje prefeito, é raro acontecer, mais todos os dias, ele se alimenta de responsabilidade e vontade de fazer Campo Maior crescer, e dispostos a trabalhar sempre. 
"Precisamos trabalhar com planejamento, com metas, a organização é fundamental para o diferencial de uma gestão e o SAAE tem mostrado isso em índices, dados e números, o quanto o serviço do abastecimento de água tem melhorado e precisamos melhorar ainda mais", finalizou o Prefeito Profesor Ribinha. 

quinta-feira, 20 de julho de 2017

Templos da cultura






Desde as mais antigas conhecidas como a de Assurbanipal datada do VII século antes de cristo, até a maior biblioteca do Mundo em nossos dias, a biblioteca do congresso dos Estados Unidos , seu principal objetivo é guardar e disseminar as gerações posteriores todo o conhecimento adquirido pela humanidade tornando-se polo disseminador de cultura.

A Biblioteca João Alves Filho, do Senac Campo Maior, está de portas abertas para cumprir seu legado a toda sociedade Campo-maiorense, com um ambiente confortável, climatizado e dispondo de internet banda larga. A biblioteca do Senac Campo Maior possui um acervo invejável, que vai desde literatura para profissionalização, até publicações de nível acadêmico, objetivando atender as necessidades literárias de toda Campo Maior e região.


Venha nos fazer uma visita e conhecer nosso acervo, das 12:00 as 21:00 de segunda a sexta.



terça-feira, 11 de julho de 2017

Câmara Muniocipal de Campo Maior realiza Audiẽncia Pública sobre transportes de passageiros


A Câmara Municipal de Campo Maior realizou na manhã desta segunda-feira (10/07) uma Audiência Pública para discutir irregularidade no transporte de passageiros no município. O encontro reuniu vereadores, representantes de cooperativas, proprietários de transportes, Secretaria Estadual de Transportes e a Secretaria Municipal de Trânsito.


O vereador Neto dos Corredores, autor do requerimento de audiência, explicou que passageiros e motoristas estão sendo prejudicados com ação da Secretaria Estadual de Transporte. “Os carros se regularizam, a prefeitura emite os alvarás e a secretaria estadual emite uma ordem de apreender os carros dizendo que eles são ilegais, sendo que eles têm autorização do município para rodarem”, justificou. 


O advogado Helder Moraes, representante da Secretaria de Transporte, afirmou que aconteceu um caso isolado de apreensão de carros devido uma falha de comunicação entre os órgãos. Segundo ele, passageiros denunciaram o transporte e pediram uma fiscalização. A secretaria emitiu uma ordem ao Batalhão de Polícia Rodoviária do Piauí para realizar apreensões e os policiais desconheceram o alvará.


“Houve uma solicitação de usuários para que fosse realizada a fiscalização em Campo Maior. Emitimos uma ordem de serviço, foi deslocado para cá uma guarnição do BPRP. Mas por um erro de comunicação, quando eles se depararam com uma documentação diferente, no caso o alvará, eles não reconheceram e efetuaram a apreensão”, afirmou.


Miranda Neto, presidente da Cooperativa de Transportes Alternativos do Piauí, criticou a forma de atuar da secretaria e garantiu que acionará o Ministério Público para que SETRANS reconheça os alvarás municipais. Miranda ainda cobrou que os proprietários devem estar em dia com os itens de segurança exigidos pela legislação, como pneus, cinto de segurança e extintor de incêndio.

Ascom Câmara Municipal de Campo Maior 

sexta-feira, 7 de julho de 2017

Desfile de moda mostrará ações do Governo do Estado e da Prefeitura de Campo Maior


A Prefeitura Municipal de Campo Maior, através da Secretaria de Assistência Social (SEMAS) juntamente com a Secretaria Estadual do Trabalho e Empreendedorismo convida a todos para participar da certificação dos Cursos de Embelezamento e Corte e Costura oferecidos pelo Programa Setre nos Municípios que acontecerá sexta-feira (14/07), às 19:00 horas no Complexo Cultural Valdir Fortes.

Além da entrega de certificados com carga horária de 66 horas, acontecerá também um desfile organizado pelos alunos com peças produzidas durante o Curso de Corte e Costura. E os penteados e as maquiagens serão feitos pelos concludentes do Curso de Embelezamento.

Os cursos oferecidos pelo Programa Setre nos Municípios tem como objetivo qualificar a população investindo na melhoria da carreira profissional. É realizado de forma itinerante com quatro caminhões que contam com tecnologia e estrutura necessária para a realização das aulas teóricas e práticas.

O programa foi destinado para Campo Maior após uma solicitação do Prefeito José de Ribamar Carvalho durante reunião com o Deputado Aluísio Martins e o Secretário Estadual de Trabalho e Empreendedorismo, Gessivaldo Isaias.

Presidente da Fundespi confirma conclusão da obra de engenharia do Verdão

Presidente da Fundespi Paulo Martins em visita ao Ginásio Verdão

A obra de engenharia do Ginásio Verdão em Teresina (PI) está finalizada. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (05) pelo atual Presidente da Fundação dos Esportes do Piauí (FUNDESPI), Paulo Martins. A última etapa da reforma é a aquisição dos equipamentos. O investimento total é de quase R$ 7 milhões de reais.

“A parte da obra [de engenharia] que custou mais de R$ 4 milhões já está concluída, estamos na parte dos equipamentos. Viemos in loco vistoriar a parte de engenharia. Uma obra fantástica, muito bela. Vamos tratar com o governador uma data para inaugurar. Mas para isso precisa dos equipamentos. Já começamos as cortinas de vidro para proteger o torcedor. Vamos tratar de apressar com a empresa para que possa colocar aqui todas as modalidades como basquete, handboll, voleibol, futsal e que tenha condição de receber qualquer time do Brasil como também shows artísticos”, ressaltou o Presidente.

Carlos Aguiar, o construtor responsável pela obra de engenharia, disse que praticamente foi feito um novo ginásio. “Fizemos praticamente do zero. Ficou só o esqueleto do Ginásio. Colocamos um teto novo e reformamos totalmente o prédio”, afirmou.

O ginásio recebeu 5.480 mil assentos, o antigo fosso deu lugar a uma cortina de vidro que vai proteger a torcida. Os vestiários, alojamentos, refeitório, academia, sala das federações e bares foram todos restaurados.

A parte final da reforma é a implantação de quadras removíveis, dos placares eletrônicos e a colocação das cortinas de vidro que está sendo realizada por outra empresa que já foi notificada para acelerar os serviços. O investimento nessa etapa final é de algo em torno de R$ 2 milhões.

O Mestre Álvaro Santos da Federação de Taekwondo disse que o Verdão de hoje está bem diferente do passado. “O que era antes e o que é hoje, está excelente. Você ver aqui e fica contente, realizado com o trabalho que eles fizeram”, comentou.

Edmar Nascimento da Federação de Basketball elogiou as adequações e a acessibilidade. “A gente fica muito feliz porque foram feitas algumas adequações, não só para o basquete, mas para outras modalidades e a acessibilidade está muito boa. Estamos na expectativa para que seja reinaugurada essa que é a maior praça esportiva de Teresina”, disse.

quinta-feira, 6 de julho de 2017

Elmar Carvalho E Raimundo Lima lançam livros no SENAC de Campo Maior


Acontece nesta sexta-feira (7 de julho) os lançamentos dos livros Histórias de Évora, de Elmar Carvalho e A menina do Bico de Ouro, de Raimundo Lima, às 19:00 horas, no SENAC de Campo Maior,

"Histórias de Évora: uma ficção do erotismo, amor e saudade", da lavra do escritor, professor e crítico literário Cunha e Silva Filho. A obra versa a história de um adolescente que viveu na década de 1970 e termina quando ele começa a entrar na maturidade, no final dos anos 80. O livro abrange, assim, o fim do ciclo do extrativismo econômico e dos cabarés. 



Programação do Aniversário de Campo Maior


Prefeito Professor Ribinha, Secretário Flávio Nogueira e Deputado Aluísio Martins
O prefeito Ribinha, acompanhado do deputado Aluísio Martins, esteve reunido, na tarde dessa terça-feira, 04.06, com o secretário Estadual de Turismo, Flávio Nogueira Júnior. Na pauta o apoio do Governo do Estado na realização dos eventos que vão animar as festividades do aniversário de Campo Maior, que começam já no dia 05 de agosto, na Praça Valdir Fortes.


As festividades do aniversário de Campo Maior começam com a Feira Regional do Artesanato, que ocorre no dias 05 e 06 de agosto, na Praça Valdir Fortes com grandes atrações já confirmadas como Fulô do Sertão e Gonzaga Lú.
No dia 07 de agosto, o prefeito de Campo Maior Professor Ribinha prepara uma programação de inaugurações de obras na área da saúde, educação, esportes e infraestrutura. “Está programada a inauguração do Estádio Deusdete Melo, de uma UBS, de calçamento e de outras obras em conclusão”, revela o prefeito.


Também no dia 07 acontece o show da solidariedade na Toca do Bode, com a Avine Vinny e Felipão. A entrada é 1 quilo de alimento e o show está sendo promovido pelo Instituto do Vaqueiro (Parque Nina Alencar), com o apoio da Prefeitura de Campo Maior.
No dia 08 de agosto, a Prefeitura Municipal realiza o show do aniversário com uma grande atração nacional, que será anunciada pelo prefeito Ribinha. Antes do show será realizado sorteio do IPTU premiado, valendo um carro zero quilômetro para quem pagar o imposto até o dia 07 de agosto.
“Estamos preparando a programação com o apoio do deputado Aluísio Martins, que destinará emenda para as festividades”, destaca o prefeito Ribinha..
ASCOM/PMCM

segunda-feira, 3 de julho de 2017

Regina Sousa fala em Nossa Senhora de Nazaré e Cocal de Telha sobre Reforma Trabalhista


Com a expectativa de ser votada na próxima semana, a reforma trabalhista foi o foco do debate feito pela senadora Regina nos municípios de Cocal de Telha e Nossa Senhora de Nazaré neste sábado,  01 de julho. "A reforma trabalhista arrebenta com os trabalhadores assalariados. Praticamente extingue a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), o mínimo garantido ao trabalhador, que vai ficar totalmente desamparado caso ela seja aprovada", declara.


O ponto mais delicado refere - se, segundo a senadora,  aos acordos de trabalho individuais ou livre negociação. "O trabalhador sempre vai perder", alerta ela, observando que a legislação atual prevê que os acordos coletivos de trabalho sejam feitos pelos sindicatos.



Tudo poderá ser negociado: parcelamento das férias, redução salarial, aumento da jornada de trabalho, dentre outros direitos adquiridos. A CLT também assegura a poteção do trabalho às gestantes, proibindo que estas trabalhem em locais insalubres. O texto atual, no entanto, modifica essa regra permitindo o trabalho às gestantes  mediante negociação e liberação do médico do trabalho. "O médico do trabalho é da  empresa, então vai prevalecer a vontade do patrão", observa Regina. "Isso remete à sociedade escravista".



O direito à amamentação também está ameaçado. Atualmente é permitido às lactentes amamentar durante o expediente duas vezes. Com a aprovação da reforma, será firmado acordo individual. "É a volta ao trabalho escravo.
Ainda temos trabalho escravo no Brasil, nos canaviais, laranjais e outros. O próprio Ministério do Trabalho resgatou 52 mil trabalhadores dessa situação no Brasil. Imaginem o que não acontece nas regiões não fiscalizadas", afirma a senadora.



Regina acredita que a proposta passa nas Comissões, mas nada substitui a pressão do eleitor. "Ainda há tempo de se mobilizar e pressionar os políticos, a começar pelos vereadores", declarou, lembrando que a proposta é antiga, foi reprovada pelo governo Lula e, agora, de forma surpreendente, resgatada.



Quanto à Reforma da Previdência, já amplamente discutida pela senadora nos municípios piauienses, aguarda-se a votação na Câmara dos Deputados. "Uma reforma é necessária, mas talvez não da forma proposta. Precisamos primeiro saber se realmente há um rombo financeiro como se fala", afirma.

domingo, 2 de julho de 2017

Jatobá do Piauí recebe obra do Deputado Georgiano Neto



Deputado Georgiano Neto fala à população do Povoado Riacho, em Jatobá do Piauí

Na última sexta-feira (30 de junho), o deputado estadual Georgiano Neto esteve na Comunidade Riacho, no município de Jatobá do Piauí, onde manteve encontro com o prefeito Zé Carlos Bandeira, o vice-prefeito Hilton Gomes, além dos líderes comunitários dos líderes comunitários Zé Rodrigues e Cajueiro. 

Na oportunidade, o deputado visitou o sistema de abastecimento de água da comunidade para uma inauguração simbólica. O projeto é de autoria do deputado federal Júlio César e do Deputado Georgiano, junto ao DNOCS. Segundo informou o Deputado Georgiano, a reivindicação é do vice-prefeito Hilton Gomes e visa a melhoria do sistema de abastecimento de água da localidade.

Além do sistema de abastecimento de água, foi entregue na oportunidade ao Conselho Tutelar de Jatobá do Piauí uma viatura que melhorará o atendimento do conselho. 

No final da tarde, o deputado se reuniu com a população na residência do Zé Rodrigues, para ouvir as famílias presentes, e juntamente com o prefeito Zé Carlos e o vice-prefeito Hilton Gomes, anunciaram projetos futuros para a comunidade Riacho, zona rural de Jatobá. Na localidade Riacho, estão sendo reformadas salas da escola, para funcionamento de turmas do Eja e também servir de atendimento do médico da família. 

Informações e fotos: Tony Sobrinho

sábado, 1 de julho de 2017

USP PROPÕE COTA DE 50% PARA ALUNO DE ESCOLA PÚBLICA



Uma das mais conceituadas Instituições Públicas de Ensino Superior do Brasil, a Universidade de São Paulo, abre caminhos para que alunos do ensino público possam ter os mesmo sonhos dos alunos da escolas privadas do país: 50% das vagas destinadas a alunos da escola pública.

Sem a necessidade de mais discussões, embora volta e meia tenhamos as vozes roucas das elites econômicas e sociais desse país discordando, o sistema de cotas abre um espaço significativo para os alunos que não têm as mesmas condições dos alunos da escola privada. Enquanto aqueles sofrem todo tipo de revés em escolas despreparadas e sem a menor infraestrutura, estes ocupam praticamente todos os espaços em virtude da forte preparação para o ingresso nas IES's de todo o país.

Pela primeira vez na história, a Universidade de São Paulo (USP) vai adotar um sistema de cotas para alunos de escolas públicas. A proposta da reitoria da instituição, que já foi aprovada em várias instâncias, é que a reserva de vagas seja escalonada a cada ano e, até 2021, metade dos ingressantes de cada curso e turno terão de vir da escola pública. O Conselho Universitário, instância máxima da universidade, fará a última análise na próxima terça-feira 4.
Além disso, a Faculdade de Medicina da Universidade vai adotar cota racial, também pela primeira vez na história. Das 125 vagas do curso, 50 estarão no Sisu. Dessas, 25 serão para alunos da rede pública e 15 para pretos, pardos e indígenas, também da rede pública. As outras 10 vagas no Sisu serão disputadas por ampla concorrência. O restante das vagas continua com disputa pela Fuvest.

quinta-feira, 29 de junho de 2017

Projeto Leitura Livre incentiva ressocialização de detentos no Piauí

Divulgação
Como parte da política de ressocialização de reeducandos do sistema prisional do Piauí, a Secretaria de Justiça do Estado realizou, nesta quinta (29), a entrega de certificados de conclusão aos participantes do primeiro ciclo do projeto Leitura Livre, na Casa de Detenção Provisória de Altos.
Com o objetivo de possibilitar a transformação de pessoas privadas de liberdade por meio da leitura, o projeto resulta de parceria entre a Secretaria de Justiça do Estado com a Secretaria de Educação, Tribunal de Justiça e a Corregedoria Geral de Justiça do Piauí, sendo atualmente desenvolvido em seis penitenciárias, com previsão de extensão a mais quatro presídios.
No Leitura Livre, os reeducandos são incentivados à leitura de obras da literatura piauiense, brasileira e estrangeira a partir da qual elaboram resumos que são avaliadas por uma comissão técnica. Com a inserção no projeto, o detento possui ainda o direito a remição de pena.
“O projeto abre um mundo de possibilidades para os reeducandos que estão aqui. Nós sabemos do poder transformador dos livros, da leitura e, com isso, são notáveis as mudanças e a expectativa de ressocialização desses homens”, afirma Dina Carvalho Miranda, pedagoga coordenadora do Leitura Livre.
Renato César de Carvalho, reeducando participante do Projeto Leitura Livre, fala da importância do projeto no seu cotidiano no presídio. “O Leitura Livre é muito importante porque visa a busca de conhecimento. Então é uma iniciativa de incentivo a nós, detentos, para que busquemos essa leitura. É uma iniciativa saudável, haja vista que quando você busca conhecimento, você termina esquecendo um pouco do que é vivenciado aqui dentro do sistema prisional”, conta Renato César.
Segundo o secretário estadual de Justiça, Daniel Oliveira, a iniciativa resulta do compromisso da secretaria na busca pela ressocialização dos detentos. “Esse é mais um projeto onde nós buscamos humanizar o sistema prisional do Piauí, trazendo de volta a dignidade a essas pessoas que, hoje, se encontram privadas de liberdade. É uma prioridade dentro da nossa gestão trabalhar de forma a ampliar cada vez mais a ideia e mostrar que ressocializar é possível”, frisa Daniel Oliveira.
A Secretaria de Justiça do Piauí, em parceria com a Secretaria de Saúde, lançou, na terça-feira (13), os projetos Nortear e Abordagem e Tratamento ao Tabagista. A inauguração solene dos projetos aconteceu na Colônia Agrícola Penal Major César Oliveira, no município de Altos.
Crédito: CCOM/PI

Câmara aprova alienação de churrascarias de Campo Maior

^

A Câmara Municipal de Campo Maior aprovou na sessão desta terça-feira (28) o projeto de lei do executivo municipal que aliena as churrascarias Mistura Fina e Hawai. O texto tramitou na Comissão de Finança e Orçamento e Comissão de Constituição e Justiça do legislativo e nessa terça foi votado em plenário. Por 9 votos a 4, a casa aprovou a matéria.

O relator da Comissão de Finanças, vereador Neto dos Corredores, indicou voto favorável. “Dá oportunidade a iniciativa privada a expandir as atividades desses empreendimentos, como também a geração de mais emprego. É inviável para o município custear reformas.”, votou Neto. Na Comissão de Constituição e Justiça, o vereador Edvaldo Lima também indicou relatório favorável.

Em votação nominal no plenário, nove vereadores seguiram os relatórios e votaram pela aprovação da matéria. Por outro lado, quatro parlamentares criticaram o item que destina o dinheiro da venda para o pagamento de débito na previdência própria do município e votaram contra o projeto de lei.

“O município não pode pagar por erros de administrações passadas. Não podemos nos posicionar favorável a essa venda do patrimônio para cobrir despesas da previdência. A oposição votou contra na comissão e votou contra no plenário”, afirmou o líder da oposição, vereador Hamilton Segundo.

Trâmite
O presidente da Câmara, vereador Fernando Miranda, comemorou a tramitação do projeto. Segundo ele, a matéria seguiu o rito do regimento interno e foi aprovado dentro da legalidade. “Apesar de polêmico, não há o que se questionar. Trabalhamos para que o projeto passasse pelas comissões, fosse discutido e enfim ser votado. Estamos mudando àquela forma de aprovar projetos sem a devida tramitação legal”, defendeu.

quarta-feira, 28 de junho de 2017

Servidores do SAAE recebem treinamento


Em mais uma ação que tem como objetivo aprimorar os serviços prestados à população, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Campo Maior realizou na terça-feira (27) um curso básico para localização de vazamentos em tubulações enterradas. A atividade de treinamento, dirigida aos técnicos e encanadores.
O treinamento foi desenvolvido no auditório, sob a coordenação do consultor ambiental Luiz Eugenio de Carvalho, da SANEA consultoria.
Enfocando sempre as situações reais encontradas no dia-a-dia de trabalho, o treinamento abordou três eixos: inicialmente a contextualização sobre as perdas de água, gerenciamento de sistema de abastecimento e os procedimentos metodológicos para a tomada de decisões mais efetiva da gestão.   
Segundo Luiz Eugênio, há muitos anos o combate aos desperdícios de água nos sistemas de abastecimento tem merecido atenção dos técnicos do setor de saneamento, e a direção do SAAE de Campo Maior teve o interesse de buscar ações que possam ser desenvolvidas pela autarquia para solucionar esse problema.
“As constantes alterações da pressão entre os períodos de maior consumo e os de menor consumo ao longo do dia, são um dos principais causadores de perdas físicas, quer pela incidência de vazamentos não visíveis, inerentes ao tipo de tubulação utilizada pela incidência de rompimentos das tubulações submetidas a pressões elevadas. Outro componente, importante causador de perdas físicas, é a existência de uma grande extensão de redes antigas, já com suas condições estruturais comprometidas o que gera rompimentos frequentes” destacou Luiz.
Acrescentou ainda que a existência destas perdas físicas no sistema afeta diretamente a Autarquia que perde financeiramente, pois ver ir fora parte do seu produto final e que perde também em sua imagem como empresa responsável pela preservação do recurso que é finito.

terça-feira, 27 de junho de 2017

Fundespi entrega certificados do curso de arbitragem realizado em Juazeiro do Piauí

Presidente da Fundespi Paulo Martins entrega certificados 
A Fundação dos Esportes do Piauí (FUNDESPI) tem trabalhado para qualificar e formar novos árbitros no Estado através do curso de arbitragem conduzido por instrutores qualificados que levam informações básicas e atualizadas das mudanças que tem acontecido nas regras do futebol.

Neste sábado (24) aconteceu a entrega dos certificados de 59 novos alunos formados pela Fundespi. A solenidade teve a presença do Presidente do órgão, Paulo Martins, do Deputado Estadual Aluísio Martins, do Prefeito municipal Zé Valdo, do vice-prefeito e secretário de esportes, Cicero Leite, do ex-prefeito Tonho Verissimo, vereadores de Juazeiro e das cidades vizinhas dentre outras lideranças e autoridades políticas.

Para o presidente da Fundespi, a qualificação é extremamente necessária, pois é o árbitro que dá o tom da partida de futebol. “Um árbitro que tem conhecimento das regras de futebol transmite segurança para os jogadores e impõe respeito dentro de campo fazendo com que tenhamos um bom jogo”, argumentou.

Maria dos Remédios foi uma das que mais reivindicou o curso e agradeceu a oportunidade oferecida pela Fundespi. “Quero agradecer ao Tonho Verissimo que ouviu nossos reclames e a Fundespi por ter atendido nosso pedido. As mulheres de Juazeiro também participam do esporte e precisam cada vez mais de atenção”, disse a árbitra.

segunda-feira, 26 de junho de 2017

SAAE de Campo Maior é destaque em Congresso Nacional de Saneamento

Diretor do SAAE João Lima
O diretor do SAAE João Lima participou do 47º Congresso Nacional de Saneamento da ASSEMAE (Associação Nacional dos Serviços de Saneamento) em Campinas/SP. O evento acontece anualmente é considerado o maior sobre o setor de saneamento básico, com o tema “Saneamento Público Municipal: um caminho para o Brasil”.

A programação foi iniciada na segunda-feira, 19/06, com a reunião ordinária do Conselho Diretor Nacional e congregou representantes de municípios de todas as cinco regiões do país, debateram as perspectivas de atuação da entidade a favor do saneamento público municipal. O diretor João Lima coordenou o painel II: Relação entre saneamento básico e gestão dos mananciais onde contou as seguintes participações: José Yarley de Brito Gonçalves do SAAEC/Crato/CE; Fernando Cintra Mortara ABES/SP; e Volney Zanardi Junior da Agência Nacional das Águas – ANA.

Na terça-feira, (20/06),  João Lima representou o prefeito Ribamar Carvalho na mesa de honra, ao lado do presidente da ASSEMAE Aparecido Hojaij, do presidente da SANASA Arly de Lara Romêo e várias autoridades de São Paulo e Minas Gerais. Na ocasião, foi lançada a publicação do livro que reúne “Experiências Municipais Exitosas em Saneamento – 2017” destacando relatos de 31 casos de sucesso de ações positivas voltadas para a saúde e qualidade de vida por meio do saneamento, entre elas a cidade de Campo Maior.

João Lima usou a tribuna para fazer uma síntese dos trabalhos desenvolvidos pelo Serviço Autônomo de Água e Esgoto – SAAE e ressaltou o importante papel da ASSEMAE junto aos municípios. “O livro reflete de forma grandiosa que os municípios possuem uma gestão de excelência, reforçando a luta pela gestão pública do saneamento no país”, falou Lima.

O exemplar foi entregue à delegação do SAAE de Campo Maior e para o presidente da Câmara de Vereadores Fernando Miranda e o vereador Edvaldo Lima que prestigiaram o evento.

O papel da mulher

Eis uma frase repetida: a diferença faz o crescimento acontecer. Porque provoca inquietude, novas formas de pensar. Mas isso só acontece quando a diversidade é usada para construir oportunidades. Falando sobre diversidade de sexo, quero focar na carreira feminina e seus desafios. Somos 51,6% de mulheres na população brasileira, e 37,3% sustentam a família, segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios. Em pesquisa com líderes do Estado, constatei que, dos 176 entrevistados, 53% eram mulheres.
Elas já ocupam espaços e muitas profissões que eram, até pouco tempo, “masculinas” em sua maioria. Em mais de 20 anos trabalhando com empresas e vendo essas modificações, posso citar algumas mudanças mais marcantes, como o fato de agora serem também maquinistas, trabalhadoras avulsas no OGMO (Órgão Gestor de Mão de Obra Portuária Avulsa), controladoras de painéis, motoristas de caminhão, taxistas…
A mulher tem se esforçado muito para conquistar esse espaço. Busca capacitação e assume jornadas duplas para conquistar o lugar de reconhecimento. Um problema a ser enfrentado é o desafio do crescimento profissional: os obstáculos para a mulher assumir posições de liderança. Grandes multinacionais, antecipando isso, criaram programas que exigem 50% de igualdade na concorrência, visando equilíbrio. Sabemos que as decisões passam por certa dosagem de preconceito e de pressão social em defesa do “papel feminino” na família, e não no mundo dos negócios.
Mas saiba: a mudança que você deseja começa em você. Cada um fazendo o seu papel, vamos caminhar mais rapidamente e de maneira mais sustentável.

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Aprovado em 16 concursos públicos no AC revela segredos: ‘dedicação e renúncia’

Filho de costureira e de autônomo, o servidor público Jamerson Cruz da Silva, de 30 anos, carrega no currículo aprovações em 16 concursos públicos no Acre. Nascido em Rio Branco, capital do Acre, ele diz que o segredo é a dedicação diária nos estudos e a renúncia de momentos de lazer e vida social. Silva é concursado e continua a buscar outras aprovações. 

O gosto pelos concursos públicos surgiu após ser aprovado, com 17 anos, para o cargo de Policial Militar voluntário da PM-AC, em 2004. Daí por diante, ele passou a colecionar dezenas de aprovações e nomeações nos anos seguintes.

“O segredo é a questão da dedicação em casa. Todas as minhas horas vagas são para os estudos, então, varia de quatro a seis horas por dia, mas tem dia que só tenho uma hora. O importante é estudar todos os dias. Outra coisa é a renúncia. Já abdiquei vários momentos de lazer e vida social para me manter estudando, mas, graças a isso, passei nos concursos”, lembra.

Entre as aprovações, estão cargos na PM em concursos de 2004, 2005, 2008 e 2015, agente penitenciário em 2007, agente de polícia civil em 2012 e perito criminal da Polícia Civil em 2015. Além de cargos na Universidade Federal do Acre (Ufac), Instituto Federal do Acre (Ifac) e Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

“Estou aguardando convocação para perito criminal ou para professor do Ifac. Já trabalhei em quatro dos concursos que passei. Fiz alguns só para testar o conhecimento. A maioria dos que passei, fui nomeado, mas não tomei posse. Vou continuar estudando, meu sonho mesmo é passar para auditor fiscal da Receita Federal”, afirmou. 

Crédito da matéria: 
G1.com Acre

segunda-feira, 19 de junho de 2017

FESTA JUNINA DA MELHOR IDADE


A Prefeitura Municipal de Campo Maior por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social - SEMAS realizará dia 28 de junho no SINTE a Festa Junina da Melhor Idade.