sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

É HOJE!!!! NESTA SEXTA-FEIRA (24 DE FEVEREIRO), CAMPO MAIOR É O PALCO DA FOLIA







A abertura do carnaval de Campo Maior será nesta sexta-feira (24) com o Corso Maior que pela primeira vez será puxado por um Trio Elétrico ao som das bandas Farra Nordestina e Forró Absolut Elétrico.

O trio já está na cidade desde o início da semana onde testou todo o percurso para analisar a necessidade de levantar a fiação elétrica e de telefonias. Os testes de som e iluminação também já foram feitos.

O Corso terá premiação para Caminhão, Carro Pequeno, Paredão e fantasias, mas é necessário fazer a inscrição na Drogaria Principal.

DEPOIS DO PERCURSO

O Trio Elétrico sairá do Balão do Hospital, na entrada da cidade, no sentido de quem vem de Teresina e percorrerá toda a extensão da Avenida Santo Antônio seguido por foliões em caminhões e a pé. O fim do percurso será no Complexo Valdir Fortes. Assim que finalizar o percurso haverá shows no palco da arena do evento. A primeira banda a se apresentar será Mara Pavanelly e a festa encerra com Janaina e Banda.

PROGRAMAÇÃO

Serão cinco dias de festa, começando nesta sexta e seguindo até terça-feira (28). Todos os dias haverá shows de bandas locais, regionais e nacionais. Alem de Mara Pavanelly, o carnaval de Campo Maior apresentará as bandas Taty Girl no sábado, Tatau ex-Araketu e Ávine Vinny no domingo, Nayrê na segunda-feira e Capilé na terça-feira.

Mas atenção, os shows iniciarão sempre às 17h, diariamente.

ARENA DOS PAREDÕES

Alem da vasta programação, uma das características que tem atraído bastante os foliões para o carnaval de Campo Maior é a Arena dos Paredões. O local fica localizado no espaço Aucam, às margens do Açude Grande de Campo Maior onde terá tenda e concentração de bares e barracas. Os paredões poderão ficar ligados até às 22h.

BALNEÁRIO SURUBIM

O Prefeito Professor Ribinha irá manter toda a estrutura do carnaval criada pela gestão do ex-prefeito Paulo Martins, como por exemplo a realização de shows no Balneário Surubim no domingo e terça-feira de Carnaval. A inovação deste ano na folia de momo do município fica por conta do Trio Elétrico.

PREFEITURA PREPARA A CIDADE

As secretárias municipais tem desenvolvido várias ações voltadas para o carnaval. Desde o inicio do mês vem sendo um forte trabalho de limpeza na cidade. Por conta das chuvas o mato acaba que crescendo mais rápido nessa época do ano e para isso é preciso um trabalho dobrado por
parte da Secretaria de Limpeza e Iluminação. A Avenida Santo Antônio já está com sua iluminação toda restaurada e sendo completamente decorada para receber os foliões no clima do carnaval.

Professor Ribinha: 660 empregos diretos em cinco dias de folia
O prefeito Ribinha informou que o Carnaval de Campo Maior vai gerar cerca de 600 empregos diretos nos cinco dias de folia. “Esse número de empregos será maior quando passamos a considerar os empregos indiretos”, contabiliza Ribinha

Ulisses Raulino, coordenador da Comissão Organizadora do Carnaval cuida de todos os detalhes relacionadas a estrutura do evento. As tendas já estão quase tudo prontas e nesta sexta-feira será concluída a montagem do som do palco.

A Secretaria de Desenvolvimento Social realizará uma blitz socioeducativas nesta sexta-feira no cruzamento das Avenidas José Paulino e Siqueira Campos. A ação conta com a parceria do Conselho Tutelar e do Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente.

A Secretaria de Saúde também realizará um trabalho de prevenção com distribuição de preservativos.

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Alunos da rede municipal de ensino retornam às aulas em Campo Maior


Campo Maior volta às aulas na Rede Municipal 


As aulas da rede municipal de ensino de Campo Maior retornaram nesta segunda-feira (20). Todas as unidades escolares passaram por reparos e reformas para receber as mais de 7 mil crianças no início do ano letivo.


As condições estruturais foram apenas uma das preocupações da Secretária de Educação, Conceição Lima, porém a atenção mais importante da gestora foi com a capacitação dos servidores. “Do vigia que abre o portão para o aluno até o professor que cuida da criança dentro da sala de aula, todos tem um contato importante que auxilia na educação, por isso nos preocupamos bastante em conversar com todos os servidores, sem exceção, para que receba e cuide dos estudantes como nossos filhos”, destacou a Secretária.


As escolas realizaram atividades para recepcionar os alunos. “Muitos deles, inclusive, estão indo para a escola pela primeira vez e tem dificuldade de ficar sozinho sem a presença dos pais, por isso é fundamental recebe-los com entusiasmo para que eles se sintam bem”, ressaltou Conceição Lima.

Muitos projetos serão trabalhados na educação de Campo Maior como de leitura, matemática e também psicossocial. Alem disso, será ampliado a carga horário de ensino onde algumas séries terão o sexto horário e aulas de reforço aos sábados.

Crédito da matéria:
Coordenação de Comunicação PMCM
Texto Weslley Paz

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

SAAE é exemplo em tecnologia

SAAE de Caxias-Ma vem conhecer modelo do SAAE de Campo Maior
O diretor do SAAE João Lima recebeu nesta segunda-feira (20/02) a visita de uma comitiva de técnicos do SAAE de Caxias/MA. O objetivo foi conhecer de perto o funcionamento operacional do Sistema da Telemetria e  Macromedição que possibilita ser implantada em Caxias.

O diretor Operacional do SAAE de Caxias, Ronaldo Ferreira, informou que a visita ao colega João Lima, teve como motivo o excelente trabalho que vem sendo desenvolvido na autarquia municipal para abastecer Campo Maior com água potável de qualidade.

João Lima que conta com uma larga experiência de vários anos na autarquia, colocou-se à disposição da equipe de Caxias na troca de informações para avançar neste intercâmbio.

A visita se estendeu até as instalações da Central de Operação e de Manutenção, em alguns Poços Tubulares e casas de bombas recém-reformadas. A equipe composta pelos os coordenadores Danivaldo Ribeiro (de Tecnologia da Informação), Júlio César Lopes (Segurança do Trabalho) e Ismael Santana (Eletro Eletrônico Industrial).





Assessoria de Comunicação SAAE Campo Maior
Edna Gomes





 

SINTE-PI: Trabalhadores em educação recuam e preparam mobilização para greve nacional

A imagem pode conter: 11 pessoas

Trabalhadores e trabalhadoras em educação decidiram na manhã desta segunda-feira (20 de fevereiro), suspender a greve decretada na última sexta-feira 10/02. Há dez dias em greve e depois de mais de duas horas de discussões, a Assembleia Geral decidiu suspender a greve e manter estado de greve até o próximo dia 15 de março, quando a categoria deflagrará nacionalmente greve por conta da Reforma da Previdência.

Professores e funcionários avaliaram que é mais importante mobilizar a categoria para a Greve nacional. "Precisamos mobilizar a categoria para ter força no próximo dia 15 de março, pois, nesse momento, não podemos abrir mão de direitos como a aposentadoria e o aumento do tempo de contribuição. Da forma como o governo está querendo, não nos aposentaremos com menos de 75 anos, professores e professoras, isso é um absurdo", declarou Odeni de Jesus, presidente Estadual do SINTE-PI.

O Núcleo Regional de Campo Maior prepara para a próxima quarta-feira (22 fev) assembleia para mobilizar a categoria em toda a região. Para a presidente regional de Campo Maior, Profª Jacinta, "precisa a categoria unir forças e esforços para que todos realmente participem desse momento significativo. Precismos entender que as medidas que estão no Congresso Nacional prejudicam todas as categorias e ferem de morte os trabalhadores em educação. Esse momento é para unir forças", pontuou.


sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Marchinha da Melhor Idade é a prévia do Carnaval 2017 em Campo Maior

Marchins é em Campo Maior

A partir das 11 horas, idosos de Campo Maior extravasarão suas emoções e lembranças no Marchinha da Melhor Idade, evento que antecede ao Carnaval 2017, realizado pela Secretaria Municipal do Desenvolvimento Social.

Para a Secretária Nilzana Gomes, "é importante que estejamos olhando para a melhor idade, que são muitos em nosso município. A Marchinha da Melhor Idade, representa o respeito que temos para com as pessoas que já deram muito de si e agora precisamos retribuir com muita alegria. Fazer com que essas pessoas possam lembrar dos antigos carnavais".

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Ribinha usa todas as estratégias e chama folião para Campo Maior no reinado de Momo

Professor Ribinha convida foliões do Piauí para o Carnaval 2017

O Carnaval 2017 tem tudo para ficar na história como o maior Carnaval de todos os tempos. Nos últimos dias não se fala em outra coisa nas redes sociais. As pessoas estão eufóricas com toda a preparação que está sendo promovida pela Prefeitura de Campo Maior para dar tranquilidade e conforto a quem vier para a falia de Momo este ano.

Iluminação em todos os bairros
Plano de Segurança
A infraestrutura da cidade está sendo cuidada, como forma de atende bem aos campo-maiorenses que ficarem na cidade e aos que visitarão o município nos cinco dias de carnaval. O prefeito Professor Ribinha intensificou nos últimos dias os preparativos para que tudo esteja pronto para acolher o folião nas diversas arenas espalhadas na cidade.

Plano de Segurança Pública, blitzs educativas, limpeza de logradouros, substituições de lâmpadas em todos os bairros da cidade são os ingredientes que vão ajudar a realização do maior evento de todos os tempos na cidade. 

Para a alegria geral, confirmadas as atrações: Mara Pavanely, Taty Girl, Avineh Vinny e Tatau, Nayrê e Capilé, além de bancas locais e regionais conduzirão as noites da Arena Praça de Eventos Waldir Fortes.

A prévia será com a Marchinha da Melhor Idade. Idosos assistidos pelos Centros de Referência de Assistência Social e pelo Centro de Convivência do Idoso José Bona, terão seu carnaval promovido pela Semdes.
Na sexta-feira, 24 de fevereiro, a abertura oficial ficará por conta do Corso de Campo Maior. Desta vez com um percurso diferente dos anos anteriores e com a novidade de um Trio Elétrico.


quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017


Professor Ribinha acompanha de perto obras do Açude Grande

O prefeito de Campo Maior, Professor Ribinha, acompanhou na manhã dessa sexta-feira, 10.02, três frentes de serviço da obra de revitalização do Açude de Campo Maior, que continua mesmo com a chegada de fortes chuvas. Estão sendo feitos a elevação do nível do calçamento, a recuperação do antigo passeio e o prolongamento da nova passarela.
Já está em ritmo de conclusão a elevação do nível do calçamento das ruas de acesso e da Alameda Dirceu Arcoverde, cuja intenção é evitar o acumulo de água no asfalto que será colocado em toda a Alameda e também nas ruas de acesso.
Também está em fase de conclusão a recuperação do antigo passeio, que será adaptado para uma ciclovia.
Ainda na manhã de sexta, o prefeito, que estava acompanhado do secretário Carlos Torres, do vereador Lustosa e do técnico da Prefeitura de Campo Maior Dibes Ibiapina, também esteve acompanhando o trabalho de construção da extensão do novo passeio que fica dentro do IATE de Campo Maior.
Ribinha explica que o trecho é novo e a intenção é que as pessoas que praticam as caminhadas não percam mais o contato com açude. “O passeio da orla agora será completo, ou seja, todo na margem do açude”, detalha o prefeito.

ARACAM busca parceiros para atendimento de pessoas com câncer



Gerson Luís busca parceiros para ARACAM 
Com o significativo número de pessoas com câncer e o diagnóstico diário de novos casos, a Aracam intensifica suas ações na busca de parceiros que possam ajudar no fortalecimento de ações de assistência à essas pessoas.

Nesta terça-feira (14 de fevereiro), a direção da entidade esteve com o Deputado Federal e Secretário Estadual de Segurança, Capitão Fábio Abreu, na busca do reconhecimento de utilidade pública federal para que a associação possa expandir suas ações. Fábio Abreu depois de ouvir os objetivos da associação e ver sua regularidade legal, garantiu encaminhar a documentação para análise de sua equipe, bem como, ver a possibilidade de ajudar a Aracam com programas de assistência.

Na oportunidade, o presidente da Aracam Gerson Luís, que também tem câncer, discorreu sobre as ações que a associação desenvolve atualmente com as 75 pessoas cadastradas. Segundo Gerson, "essas pessoas precisam de estrutura para suportar a doença e rapidez no tratamento. As pessoas assistidas são de baixa renda e muitas delas desconhecem seus direitos e os caminhos que devem ser percorridos com urgência, vez que o tempo é fundamental no tratamento", pontuou.

A Aracam vem buscando parceiros para desenvolver todas as ações previstas em seu estatuto. O prefeito de Campo maior, Professor Ribinha, esteve no final da semana passada reunido com membros da associação e garantiu a parceria para o desenvolvimento das ações.

Para o advogado da Aracam, Juvenal de Sousa, "é importante que cada um conheça seus direitos, para isso, estamos elaborando uma cartilha com todos os itens necessários para esse conhecimento; tanto por parte do paciente, como por parte da família, vez que esta é importante nesse processo de tratamento".

Até o final de março a Aracam estará em noca sede, que proporcionará mais conforto para que as pessoas possam se dirigir e serem orientadas.

Outra ação desenvolvida é a busca de voluntários e benfeitores, como forma de se ter pessoas preparadas para o acolhimento, orientação às famílias,   

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Agora está sem jeito: Senado aprova o Novo Ensino Médio

O Senado Federal aprovou nesta noite por 43 votos favoráveis e 13 contra a Reforma do Ensino Médio, que ficou sob a relatoria do senador sul-mato-grossense Pedro Chaves dos Santos Filho (PSC). Como não sofreu modificações com relação ao aprovado pelos deputados federais, ele seguirá direto para a sanção presidencial.
"Ela [a reforma] vai permitir mudanças extremamente positivas para o desenvolvimento do país. O mundo inteiro reconhece que educação de qualidade é a base para se construir uma nação socialmente justa e economicamente próspera", afirma Pedro Chaves.
As principais mudanças no Ensino Médio, válidas a partir da sanção do presidente Michel Temer (PMDB), são a ampliação de 50% para 60% a composição do currículo da etapa de ensino preenchido pela Base Nacional Comum.
Os 40% restantes serão destinados aos chamados itinerários formativos, em que o estudante poderá escolher entre cinco áreas de estudo - linguagens, matemática, ciências da natureza, ciências humanas e formação técnica e profissional. A intenção é que cada aluno procure a área que tem mais aptidão já nesta fase do ensino.
"A reforma do Ensino Médio é a mudança mais importante na educação brasileira nos últimos 20 anos. O papel do senador Pedro Chaves, um homem habilidoso, competente e profundo conhecedor do assunto, foi fundamental para que o país alcançasse essa vitória", frisou o ministro da Educação, Mendonça Filho.
Uma das mudanças iniciais que gerou mais reclamações foi o fim da obrigatoriedade da Educação Física, Artes, Sociologia e Filosofia. Porém, emenda na Câmara Federal restabeleceu tal obrigatoriedade, que foi mantida pelo Senado hoje.
Também foi mantido que profissionais com notório saber possam dar aulas mesmo sem formação específica naquela disciplina. Para a carga horária das aulas, ficou firmado que a meta é que seja ampliado para pelo menos 1 mil horas, em um prazo de cinco anos. O Governo Federal deve apoiar tal ação.
Entre os apoiadores da reforma, estavam Ronaldo Caiado (DEM-GO) e Paulo Bauer (PSDB-SC), além do senador e ex-ministro da Educação, Cristovão Buarque (PPS-DF), que elogiou o relatório feito por Chaves, avaliando ainda que a mudança possibilitará ao país, em curto prazo, que 500 mil alunos tenham um ensino integral.

Aulas das redes Municipal e Estadual de Educação começarão dia 20

Professor Ribinha leva reivindicações da Educação à Secretária Rejane Dias  
Após reunião com a secretária de Educação, Rejane Dias, em Teresina, o prefeito de Campo Maior, Professor Ribinha, decidiu coincidir os calendários do ano letivo da rede estadual e municipal de ensino e marcou para o dia 20 de fevereiro o inicio das aulas em todas as escolas de Campo Maior.

Prefeito Ribinha, Dep. Aluísio Martins, prefeitos
Ribinha e Rejane se reuniram na Secretaria de Educação do Estado e acertaram parceria entre o Estado e Município no transporte de alunos e na utilização de instalações físicas das escolas. “Usaremos os mesmo ônibus para transportar nossos alunos e o Estado vai nos ceder escolas da rede estadual de ensino para abrigar os nossos estudantes”, detalhou o prefeito.

O prefeito disse que essa parceria já vem existindo e que isso permite economia, no caso dos transportes, e garante mais conforto e melhoria no processo de aprendizagem, no caso da transferência das escolas do Estado para o Município.

O prefeito se reuniu com a secretária juntamente com o deputado Aluísio Martins e o ex-prefeito Paulo Martins. Nesse encontro ficou acertada também a inauguração de duas quadras cobertas construídas em escolas de Campo Maior.  


Famílias de Jatobá do Piauí realizam o sonho da casa própria

Casa própria - sonho realizado em Jatobá do Piauí

No último sábado, 4 de fevereiro, 50 famílias do município de Jatobá do Piauí, receberam oficialmente suas casas do Programa Minha Casa, Minha vida, que visa atender famílias de baixa renda que não possuem casa própria ou em péssimo estado de conservação.

Participaram dá atividade os vereadores do município de Jatobá Filho Almeida, Agenor Gomes Branco. O Prefeito Zé Carlos Bandeira, a Secretaria de Assistência Social e primeira dama D. Neide, a técnica social do projeto Luzia Pereira e o representante do Governo do Estado Raimundo Pereira e a presidente da Associação de Moradores da Comunidade Umburana, Livramento Gomes.

O vereador Filho Almeida, responsável pela condução do projeto na região, disse estar muito satisfeito, “afinal, são 50 famílias que hoje tem uma casa em condições dignas, sem a necessidade de se humilharem a ninguém”.

“Não posso deixar de agradecer a oportunidade de estar nesta festa tão importante para tantas famílias jatobaenses e que hoje concretizam o sonho da casa própria; sonho de milhões de brasileiros. Jatobá está em festa com esse benefício”, ressaltou o prefeito Zé Carlos Bandeira.

O representante do governo do Estado, economista Raimundo Pereira, falou o quanto é importante as comunidades estarem organizadas, “pois é através da organização social que podemos melhorar a vida de tantas pessoas”. Acrescentou ainda que foi um período longo, cheio de problemas, “mas que agora é só alegria”.


Com o apoio da Secretária de Desenvolvimento de Campo Maior, Nilzana Gomes, aconteceu no evento uma “roda de capoeira”, com adolescentes do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, comandada pelo capoeirista e mestre Marcos Roberto, encantando a todos com a demonstração da arte brasileira.

Campo Maior recebe Seminário Ações de Internacionalização

O Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), por meio da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Tecnológico (Sedet), realiza o Seminário Ações de Internacionalização, nesta quinta-feira (9), na cidade de Campo Maior (PI).
O evento, que integra o Plano Nacional da Cultura Exportadora (PNCE), contará com a participação do analista do Comércio Exterior do MIDC, Carlos Tavares. A iniciativa tem o objetivo de aumentar o número de empresas que operam no comércio exterior, além de promover o crescimento das exportações de produtos e serviços.
O programa conta com um comitê gestor em todas as regiões que participam do PNCE. “São vários apoiadores, nos âmbitos regional e nacional, e as parcerias são construídas de forma a atender às reais necessidades de cada um dos estados”, diz Vanessa Oliveira, coordenadora do Comércio Exterior da Sedet.
Ainda de acordo com a coordenadora, esse seminário trará ações de capacitação para as empresas, despertando o interesse dos empresários piauienses locais para exportação. “O evento é uma grande oportunidade para os microempresários da região fortalecerem seus negócios no processo de exportação”, pontua Vanessa Oliveira.
O Seminário Ações de Internacionalização conta com a parceria da Federação das Indústrias do Estado do Piauí (Fiepi), o Governo do Estado do Piauí, o Sebrae, os Correios, a Zona de Processamento de Exportação (ZPE) – Parnaíba, Companhia de Terminais Alfandegados do Piauí – Porto PI, Caixa Econômica Federal, Associação Industrial do Piauí (AIP), Conselho Regional de Contabilidade do Piauí (AIP) e o Banco do Brasil.
Programação:
Dia: 09/02/17
Horário: 18h às 21h45
Local: Senac – Campo Maior
Seminário de Ações de Internacionalização

Professores do estado podem entrar em greve

Após uma reunião com a Secretaria de Educação (Seduc) e a recusa da proposta da Secretaria, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sinte) anunciou a possibilidade de greve dos professores da rede estadual de ensino.
O desacordo se deu pela proposta do Estado de parcelar o aumento do piso salarial de em duas vezes. A primeira parcela, de 4%, já foi paga no mês de janeiro, a segunda, de 3,64% está prevista para julho. No entanto o Sindicato pede o pagamento dos 7,64% em parcela única.

"O Sindicato irá se reunir em todas as 27 Regionais para debater a proposta do Estado, mas de imediato já nos posicionamos contra esse parcelamento. O Piauí deu um aumento de 3% na Previdência para todos os trabalhadores, isso fez com que o nosso reajuste recebido até então tenha sido, na realidade, de apenas 1%", explica Francisco das Chagas, vice-presidente do Sinte.

O Sindicato observa que este ano o Estado deve receber um incremento na receita de várias ordens, como a previsão de R$ 827 milhões do Fundeb, os recursos da repatriação de cerca de R$ 400 milhões que deve por lei destinar 25%  desse total para a educação.

A assembleia geral da categoria está marcada para o próximo dia 10 de fevereiro, nela será decidida se será ou não deflagrada a greve. "Até lá aguardaremos uma reunião com o governador, mas já deixamos clara nossa posição contra o parcelamento", conta o vice-presidente.
A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) anunciou que no dia 15 de março haverá uma paralisação nacional dos professores. O indicativo de Greve Nacional da Educação foi aprovado durante  o 33º Congresso da CNTE, realizado entre 12 e 15 de janeiro, em Brasília.
As principais reivindicações da categoria são a  não aprovação da reforma previdenciária e o cumprimento do piso salarial dos professores. "O ato é um repúdio aos governadores que estão propondo parcelar o piso e aqueles que nem pagando estão", observa Francisco das Chagas.

Regina Sousa garante mais de R$ 1,3 milhão para UTIs em hospitais de 5 municípios do Piauí


Senadora Regina Sousa - Foto Site Senado
Emenda da senadora Regina Sousa (PT-PI) no valor de R$ 1.332.000, 00 (um milhão e trezentos e trinta e dois mil reais) foi liberada para o governo do Piauí no início de fevereiro. 


O dinheiro é destinado para melhoria estrutural e aquisição de equipamentos de alta complexidade para os hospitais dos municípios de Corrente, Esperantina, Piripiri e Bom Jesus. Também receberá parte dos recursos a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Campo Maior.


Os recursos são provenientes de emenda da parlamentar ao Fundo Nacional de Saúde (FNS), do Ministério da Saúde. O dinheiro chegará aos municípios via Secretaria Estadual de Saúde do Piauí.


Para a senadora Regina Sousa, destinar emendas parlamentares para a área de saúde, contribui para melhorar os serviços oferecidos à população piauiense. A compra dos equipamentos já está em fase de licitação.


“Esses recursos são destinados a hospitais regionais que tendo ali equipamentos de ponta para alta complexidade, UTIs por exemplo, evita o fluxo para Teresina, onde os hospitais já são muito congestionados por pacientes de outros estados”, afirmou Regina Sousa.


Os hospitais que receberão os recursos são regionais, atendem vários municípios. Segundo a parlamentar, “com hospitais mais completos, o cidadão piauiense terá a oportunidade de ter um melhor atendimento muito mais perto do seu local de moradia”.

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

ASSAECAM promove confraternização pelos 58 anos do SAAE

Servidores comemoram os 58 anos do SAAE
Para marcar o aniversário do SAAE que completou 58 anos, no dia 30 de janeiro, a Associação dos Servidores do SAAE de Campo Maior - ASSAECAM promoveu no domingo (05/02), uma confraternização para homenagear a autarquia e também os sócios (aniversariantes) do 2º semestre. Na oportunidade foi feito ato de a assinatura do termo de parcerias entre os SAAE’s de Campo Maior e Caxias/MA.   

Os diretores, funcionários, familiares, colaboradores e convidados prestigiaram e deixaram sua mensagem de reconhecimento pelo trabalho que vem sendo conduzido por uma gestão organizada e integrada com o servidor.  

A presidente da ASSAECAM Ana Gretshen, que representou os servidores, agradeceu a presença de todos os colegas e o empenho de cada um para a realização do evento.  

João Lima reconduzido fala dos desafios
O diretor João Lima, falou que ao longo da sua caminhada, a Autarquia passou por vários processos de ampliação e modernização, aumentando sua capacidade de atendimento à população e melhorando a qualidade da prestação de serviços, visando à qualidade de vida das pessoas através da água que distribui nas residências. Contribuindo desta forma, para o desenvolvimento do município de Campo Maior.

João Lima enalteceu a importância da parceria dos SAAE’s fortalecida através da Associação Nacional dos Serviços Municipais de Saneamento – ASSEMAE e o elo de amizade com o engenheiro e ex-diretor do SAAE de Caxias, Carlos Alberto que é presidente da Regional Nordeste II da ASSEMAE.

O diretor do SAAE de Caxias Arnaldo Arruda falou que está com muita empolgação à frente do SAAE e que é válida essa troca de experiências entre as instituições, que proporciona cada vez mais aprendizagem nessa área do saneamento que é muito importante para saúde publica da população.

O engenheiro Carlos Alberto, falou que o SAAE de Campo Maior e o SAAE de Caxias ocupam uma posição de status em relação ao saneamento do Nordeste, por promover o serviço social de saneamento, e isso se deve a coragem e dedicação do diretor João Lima e o apoio do vereador Fernando Miranda.

Fernando Miranda disse que o saneamento básico é uma missão, sabemos que não é fácil, agradeceu o ex-prefeito Paulo Martins que deu total apoio e autonomia ao SAAE em buscar novos conhecimentos. E parabenizou a gestão do diretor João Lima que está desenvolvendo um trabalho técnico e capacitado em Campo Maior.

Prefeito Prof. ribinha e ex-prefeito Paulo martins nas comemorações
O ex-prefeito Paulo Martins, disse que é importante ter o reconhecimento e a representação dada pelo o povo. Ele e o deputado estadual Aluísio Martins estiveram na última sexta-feira, em audiência com o governador Wellington Dias, onde ele garantiu recursos para trabalhar o asfalto que liga Campo Maior ao município de Alto Longá, e também anunciou uma previsão de mais 4 milhões para mais investimentos para Campo Maior.

Para finalizar o prefeito Ribinha também levou sua mensagem aos servidores e disse que essa união de forças tem dado resultados positivos a Campo Maior, e hoje na condição de prefeito estará aqui para avaliar, discutir, acompanhar e incentivar o que for de competência do SAAE, mais para isso é necessário o esforço e a dedicação de cada servidor.      

O evento organizado pela ASSAECAM contou com um almoço, entrega de brindes, música ao vivo e muita animação.

Jorge Câmara - Estamos criando uma sociedade de alcólatras

A questão do consumo de álcool tem preocupado cada vez mais estudiosos do assunto. Conforme pesquisa, 40% dos adolescentes brasileiros experimenta-o pela primeira vez entre os 12-13 anos. Por conta dessa ingestão precoce, o álcool representa a principal causa da morte de jovens entre 15 e 24 anos de idade em todo o mundo.

É comum em Campo Maior, nos inúmeros eventos realizados em praças públicas ou em ambientes privados, vermos CRIANÇAS consumindo álcool como se estivessem tomando refrigerante. Sob o olhar de autoridades encarregadas da fiscalização, há até uma certa aprovação da ilegalidade. 

Grandes empresa, pequenos comerciantes, ambulantes, que sabem da proibição de se vender bebidas alcoólicas para menores, não têm o menor pudor em praticar a venda ilegal. É como se fosse a coisa mais comum do mundo.

O grande vigilante, a família - que ao longo das últimas décadas perde o seu poder de controle e educação -, às vezes é a própria incentivadora desse consumo que preocupa os estudiosos. Vê-se em locais públicos, crianças desde idade muito tenras, serem incentivadas, já que os pais ficam com seus filhos em rodas de consumo. Um péssimo exemplo; "se papai e mamãe podem, por que eu não posso também?". Claro que podem...

O Carnaval é o período do "tudo posso". Aí temos o consumo de álcool acentuado perigosamente. Os olhares do Estado, através de suas instituições como Polícia e Conselho Tutelar, não são capazes do enfrentamento. Argumentam não terem estrutura para tal...

Os médicos ressaltam que quanto menor a idade de início da ingestão de bebida alcoólica, maiores as possibilidades de se tornar um usuário dependente ao longo da vida. De acordo com pesquisas, o consumo antes dos 16 anos aumenta significativamente o risco de beber em excesso na idade adulta. Muitos estudos indicam que o álcool é a porta de entrada para outras drogas.

Quantas vidas precisam ser ceifadas para que tomemos uma posição séria? 

Piauí cria plano de ação para prevenção do suicídio

Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), no Brasil 400 milhões de pessoas sofrem com algum tipo de transtorno mental. Nesse contexto, o suicídio tem se destacado como um grave e crescente problema de saúde pública, estando entre as dez principais causas de morte na população mundial de todas as faixas etárias.
Tendo isso em vista, dentro das políticas da Rede de Atenção Psicossocial, a Secretaria de Estado da Saúde do Piauí tem realizado ações de conscientização para as questões que envolvem a saúde mental. Uma delas é a elaboração, em parceria com outras instituições, do plano de ação para prevenção do suicídio que visa à sistematização e organização do fluxo de atenção e cuidado à saúde do paciente em risco de suicídio, buscando a redução desse agravo de saúde.
O plano prevê medidas como campanhas educativas, ações de promoção em saúde e prevenção de danos, reforçando a ação da atenção primária, visando o fortalecimento e a melhoria da qualidade de vida dessa população. Além disso, o secretário de Estado da Saúde, Francisco Costa, instituiu o Grupo de Trabalho Interinstitucional de Prevenção ao Suicídio (GTI), composto por equipe multiprofissional e interinstitucional para realização de debates constantes acerca do tema e vigilância das ações.
Uma das principais estratégias adotadas, como explica o secretário Francisco Costa, é “trabalhar a prevenção do suicídio logo na atenção básica, sensibilizando as equipes de Estratégia da Saúde da Família e capacitando os agentes comunitários de saúde para que eles estejam aptos a identificar pessoas com comportamentos autodestrutivos e fazer os encaminhamentos necessários para o tratamento adequado”.
Outra ação é a elaboração de um aplicativo como ferramenta que permita os professores, no âmbito da educação tanto no nível fundamental, médio como no superior, detectarem precocemente pessoas com sofrimento psíquico que podem levar ao suicídio. O Estado também irá fomentar pesquisas científicas junto ao grupo de estudo sobre prevenção ao suicídio nas Universidades e Faculdades.
Como dispositivos de assistência, o Estado oferece gratuitamente acesso a hospitais, centro de acompanhamento e programas de cuidados em Saúde Mental. Atualmente, o Piauí possui 62 Centros de Apoio Psicossocial (CAPS) e implementou leitos psicossociais na rede hospitalar.
Realidade no Piauí
O Piauí, segundo dados do Ministério da Saúde, mostrou-se com uma taxa bruta de mortalidade por suicídio a cada 100 mil habitantes superior à do Brasil. Enquanto a taxa do Estado é de 7,6, a do país é de 5,3. Dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN) da Secretaria de Estado da Saúde apontam que nos anos de 2015 e 2016 foram registrados 541 óbitos por suicídio no Estado.
A notificação das tentativas de suicídio também vem aumentando em todos os anos, em 2015 foram 603 tentativas, já no ano seguinte foram 724, totalizando 1.327 casos. A faixa etária com maior número de óbitos por suicídio está entre 20 e 29 anos. Além disso, Teresina ocupa o 1º lugar entre as capitais brasileiras no número de suicídios, levando-se em conta todos os habitantes, e em 2º lugar na população jovem entre 15 e 24 anos.

Crédito da matéria: Governo do Piauí


Pessoas com câncer rebem apoio de Associação



Anualmente são registrados um número significativos de pessoas com câncer em Campo Maior. Elas enfrentam, além do sofrimento da doença, uma série de dificuldades para a realização do tratamento.

Embora a rede pública de saúde faça o tratamento, muitas pessoas ainda não tem conhecimento da mesma, dificultando o diagnóstico e tratamento. A Aracam – Associação de Recuperação e Apoio às Pessoas Portadoras de Câncer do Município de Campo Maior, com menos de um ano de funcionamento vem prestando suporte considerável a mais de 77 pessoas. Do acolhimento, acompanhamento e assistência aos familiares de pacientes com câncer, a associação tem o objetivo de esclarecer à sociedade da necessidade de se ajudar a essas pessoas.

No intuito de melhorar os serviços prestados, a Aracam até o final da primeira quinzena de março inaugurará sua nova sede, como forma de facilitar a vida das pessoas que precisam de algum tipo de ajuda para enfrentar os desafios do câncer.

Para o presidente da entidade, Gerson Luís, “é lamentável sabermos que muitas pessoas não tem o menor conhecimento sobre a doença e quais os direitos que lhes assistem. A Aracam tem justamente essa função: ajudar aos que precisam, quer com o acolhimento, ou o encaminhamento de exames, até a ajuda em alimentação e fraldas”, pontuou o presidente.

Gerson Luís informou também que algumas parcerias estão sendo firmadas para melhorar o atendimento. “Eu mesmo sou um paciente que luto contra um câncer de pele e sei do sofrimento da própria doença e da necessidade que temos de que as pessoas nos ajudem”, disse ele. Dentro das parcerias, Gerson Luís destacou o Ministério Público de Campo Maior e  de alguns médicos da cidade que são voluntários da Aracam.


Nos próximos dois meses a Aracam desenvolverá duas campanhas importantes para o funcionamento da mesma: o voluntariado, como forma de treinar pessoas para o acolhimento e acompanhamento desses pacientes e o da colaboração financeira.

domingo, 5 de fevereiro de 2017

Campo Maior recebe visita dos Fábios

16473386_1409701045727463_4264484528759453416_n.jpg
Na Chácara Eugênio, Fábio Xavier discute com lideranças calçamento para o bairro Cidade Nova

Campo Maior tem sido o foco do mundo político nos últimos dias. Só neste final de semana, dois secretários estaduais de peso visitaram a cidade: Fábio Abreu e Fábio Xavier. Estranha coincidência de "fábios".

O deputado Federal e Secretário de Segurança do Piauí, Fábio Abreu, tem investido duramente na região. Em Campo Maior, acompanhado pelo vereador Terceiro Matos - aliado do Deputado Estadual João Félix e da Deputada Federal Iracema Portela - afirmou que está tomando providências quanto à implantação de uma UTI no Hospital Regional de Campo Maior.

Resultado de imagem para imagem deputado fábio abreu
Fábio Abreu diz estar preocupado com o HRCM
Sabe-se pela ampla publicação pela imprensa local e piauiense, que o Hospital Regional de Campo Maior recebeu recentemente duas emendas parlamentares, para a implantação da UTI e da ampliação de seus serviços. Para a UTI, a Senadora Regina Sousa destinou verbas de Emenda Parlamentar no valor de 250 mil reais e o Deputado Federal Assis Carvalho destinou recursos para a melhoria da parte física do HRCM.

No sábado, o empresário Dr. Hélder Eugênio recebeu na Chácara Eugênio o Deputado Estadual e Secretário das Cidades, que na oportunidade reuniu-se com a Vereadora Gabriella Pinho e o presidente da Associação de Moradores do Cidade Nova, Mauro Moreira, com o propósito de tratar de verbas para a pavimentação das ruas do bairro.

O bairro Cidade Nova pode ser transformado num polo turístico da cidade. Dr. Hélder Eugênio vem reunindo com frequência vários setores da sociedade campo-maiorense, para falar de seus projetos de incentivo ao turismo que, segundo ele "é a única forma de transformar a vida dos mais pobres". 

Segundo o "Gênio das Soluções", vários projetos devem ser desenvolvidos nas imediações do Cidade Nova, como a sede da Secretaria de Turismo, a Praça do Vaqueiro Pai, a Praça do Cavalo e o Espaço da Sabedoria. Todas essas obras voltadas para fomentar o turismo local.



Prefeitura abre Carnaval com a melhor idade


A novidade do Carnaval 2017 é o baile da melhor idade que será realizado no próximo dia 17.

Procurando resgatar os velhos carnavais, a Prefeitura de Campo Maior, através da SEMDES, já determinou o reinicio das atividades com os participantes do Centro de Convivência José Bona, oportunidade em que serão relembrados os tempos das fantasias.

O baile acontecerá na sede do Sinte, vez que o Centro de Convivência dos Idosos passará por uma reestruturação e reforma em suas instalações físicas. A Prefeitura já autorizou a reforma do prédio, cujo teto desabou no ano passado, para que em seguida as atividades possam voltar a acontecer no local, tradicional ponto de encontro da melhor idade.

Mais de 25 blocos carnavalescos já estão inscritos para ocuparem a Arena Praça de Eventos e a Prefeitura já assegurou ajuda financeiras a todos os blocos que estiverem inscritos oficialmente.

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Campo Maior: o espaço político da família Eugênio

Foto
Dra. Helderlene Eugênio
Não é nenhuma novidade para quem acompanha a política campo-maiorense que algumas pessoas, com o crescimento empresarial e social, garantam, também, considerável espaço político. Isto, aliás, não é nada de anormal no cenário piauiense.

Ouve-se muito falar no destaque que a família Eugênio vem adquirindo neste cenário político. Não resta a menor dúvida que os holofotes estejam direcionados para o clã, uma vez que tiveram uma participação bastante ativa nas últimas eleições municipais.

O empresário, dono da Holding 180 Graus, Dr. Helder Eugênio, que nos últimos anos ganhou a fama de Gênio das Soluções - embora enigmático - tem uma capacidade peculiar de articulação, tão bem demonstrada na campanha do atual prefeito Professor Ribinha.

Especulações são as mais diversas. Dependendo do lado (como é comum), fala-se numa possível candidatura do Gênio das Soluções para deputado federal, coisa veementemente negada pelo mesmo.

Mais não se pode deixar de inferir que foi criado um espaço eleitoral, já que o político a família o tem. Dois nomes da família surgem com bastante frequência nas rodas e esquinas da cidade: Helderlene e Heldervan. Os dois são pessoas bastante carismáticas. 

Heldervan, além de pessoa ligada aos meios artísticos da região, é bastante conhecido como empresário do ramo de material de construção e ativista cultural.  Um nome com densidade eleitoral suficiente.

A odontóloga Dra. Helderlene, vem ganhando um espaço considerável pelo carisma e empatia social. Além das atividades de sua clínica e o trabalho social que realiza, centra-se, também, no espaço fitness, através da Academia Eugênio, hoje referência do setor em Campo Maior. Dá-se como certa, a possibilidade que ela venha a concorrer à Prefeitura de Campo Maior num curto espaço de tempo.   

Se for considerado a projeção do eleitorado campo-maiorense pela renovação - Paulo Martins e Professor Ribinha -, a família Eugênio poderá apostar nessa possibilidade de ter um nome disputando um cargo eletivo. Crer-se no crescimento do nome da odontóloga na disputa do executivo campo-maiorense.




quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Luzia Pereira é a campo-maiorense que representa as mulheres nas políticas públicas piauienses

Políticas Públicas para a mulher piauiense
Grande honra para Campo Maior é a Assistente Social Luzia Pereira representar as mulheres campo-maiorenses na Coordenadoria de Estado de Políticas para as Mulheres do Piauí. O órgão é de importância vital na assessoria das políticas públicas desenvolvidas na proteção à mulher piauiense.

A Coordenadoria de Estado de Políticas para as Mulheres do Piauí (Cepm- PI) participou de audiência com o governador Wellington Dias, no Salão Azul do Palácio de Karnak, nesta terça-feira (31).

Coordenação com o Governador Wellington Dias
Na ocasião, foram discutidas as demandas de estruturação da Casa Abrigo e CRM Francisca Trindade, e também sobre o fortalecimento de parcerias comerciais órgãos da administração pública para a realização das atividades da Cepm durante  o ano de 2007

Luzia Pereira informou que "na oportunidade foi tratado sobre as políticas públicas voltadas para as mulheres como: abertura de vagas no mercado de trabalho, ações sociais que serão desenvolvidas na Casa da Mulher (a ser construída), acesso das mulheres à moradia, saúde e educação 

A Coordenação é de Haldaci Regina.